Domingo, 13 de Junho de 2021
54 98128.5277
15°

Poucas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Dólar com.

R$ 0,

Euro

R$ 0,

Peso Arg.

R$ 0,

Cultura Rio Grande do Sul

Cinemateca Paulo Amorim retoma a programação na quinta-feira (27)

A Cinemateca Paulo Amorim, instituição da Secretaria da Cultura (Sedac), reabre ao público na próxima quinta-feira (27/5), depois de 14 meses de sessões suspensas.

26/05/2021 06h05
46
Por: Redação Fonte: Secom Rio Grande do Sul
“Raia 4”, de Emiliano Cunha, é uma das produções brasileiras que constam da programação de reabertura da cinemateca - Foto: Eduardo Rabin/Divulgação
“Raia 4”, de Emiliano Cunha, é uma das produções brasileiras que constam da programação de reabertura da cinemateca - Foto: Eduardo Rabin/Divulgação

A Cinemateca Paulo Amorim, instituição da Secretaria da Cultura (Sedac), reabre ao público na próxima quinta-feira (27/5), depois de 14 meses de sessões suspensas. Neste período, além de respeitar os decretos do governo do Estado para o controle da pandemia do novo coronavírus, as três salas de cinema receberam obras de adequação ao Plano de Prevenção e Proteção contra Incêndios (PPCI).

“Alvorada”, de Anna Muylaert e Lô Politi
“Alvorada”, de Anna Muylaert e Lô Politi - Foto: Cesar Charlone/Divulgação

A retomada das exibições será feita de acordo com os protocolos de higiene exigidos pelo poder público, observando orientações como o distanciamento entre os frequentadores para compra dos ingressos, poltronas separadas dentro da sala de cinema, limite de ocupação de 40% dos espectadores e disponibilidade de totens com álcool gel nos saguões e banheiros.

Devido às restrições sanitárias, os horários das sessões também serão reduzidos. “Nestas primeiras semanas, vamos receber nosso público apenas nas salas Paulo Amorim e Eduardo Hirtz, com dois horários de filmes em cada uma”, explica Mônica Kanitz, diretora de programação dos cinemas localizados no térreo da Casa de Cultura Mario Quintana.

“Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou”, de Bárbara Paz
“Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou”, de Bárbara Paz - Foto: Bárbara Paz/Divulgação

A reabertura reunirá quatro produções brasileiras, incluindo o lançamento do longa gaúchoRaia 4, de Emiliano Cunha, e também a estreia do documentárioAlvorada, de Anna Muylaert e Lô Politi.

A programação também dá uma nova chance para o filmeBabenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: parou, de Bárbara Paz, pouco visto nos cinemas, e traz ainda o documentárioLegado italiano, da diretora Marcia Monteiro, que só foi exibido até agora em plataformas de streaming.

Os horários e mais informações sobre a programação estão nas redes sociais da Cinemateca Paulo Amorim (FacebookeInstagram).

Texto: Mônika Kanitz/Ascom Cinemateca
Edição: Secom

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Bento Gonçalves - RS
Atualizado às 18h20 - Fonte: Climatempo
15°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 21°

15° Sensação
11.2 km/h Vento
75.6% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (14/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 22°

Sol
Terça (15/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 18°

Sol com muitas nuvens
Anúncio