14°C 17°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Brasil será a sede da Copa do Mundo Feminina em 2027

A décima edição da principal competição de seleções do futebol feminino será a primeira disputada na América do Sul.

17/05/2024 às 09h56
Por: Marcelo Dargelio
Compartilhe:
Brasil será a sede da Copa do Mundo Feminina em 2027

Em um momento histórico para o futebol sul-americano, a candidatura do Brasil para sediar a Copa do Mundo Feminina de 2027 foi confirmada nesta sexta-feira. O anúncio foi feito durante o Congresso da Fifa, realizado em Bangkok, onde o Brasil superou a proposta europeia de Holanda, Alemanha e Bélgica por 119 votos a 78.

A décima edição da principal competição de seleções do futebol feminino será a primeira disputada na América do Sul. Como país anfitrião, o Brasil já está automaticamente classificado para o torneio. Os demais nove países da Conmebol disputarão três vagas na competição.

O presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, emocionado, subiu ao palco após o anúncio para enaltecer o trabalho das mulheres integrantes do comitê de candidatura do país. “Desde que o Brasil se candidatou, este foi um trabalho muito competente e que não foi do presidente. Nós confiamos plenamente nas mulheres que desenvolveram esse trabalho”, afirmou Rodrigues.

A candidatura brasileira já havia se destacado na avaliação técnica das propostas concorrentes. O relatório da Fifa, publicado dez dias antes da votação, atribuiu uma nota de 4 ao Brasil, em uma escala de 1 a 5, enquanto a proposta europeia recebeu 3,7.

Diversos fatores foram determinantes para o sucesso da candidatura brasileira, incluindo a qualidade dos estádios, hospedagem e locais oferecidos para a Fifa organizar o Fan Festival. Além disso, o endosso do governo brasileiro desempenhou um papel crucial na decisão.

O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, celebrou a vitória brasileira nas redes sociais, destacando a importância do evento para o futebol sul-americano. Esta escolha marca a primeira vez que a sede da Copa do Mundo Feminina foi decidida pelo Congresso da Fifa, permitindo o voto de todas as 211 associações nacionais de futebol. Neste caso, 207 votos foram contabilizados, já que os países candidatos não podem votar.

Antes da votação, cada candidatura teve a oportunidade de fazer uma apresentação de 15 minutos para convencer os eleitores. A campanha europeia enfatizou que sua proposta era "a mais compacta", mas o Brasil conseguiu prevalecer, conquistando a confiança da maioria dos votantes.

Expectativas para 2027

O Mundial Feminino de 2027 será o segundo a contar com 32 seleções participantes, repetindo o formato da Copa de 2023, vencida pela Espanha. A expectativa é que o torneio no Brasil promova um grande impulso para o futebol feminino na região, incentivando a participação de jovens atletas e aumentando a visibilidade do esporte.

A escolha do Brasil como sede da Copa do Mundo Feminina de 2027 é um marco significativo para o futebol sul-americano e uma grande vitória para o país. Com o apoio do governo e a infraestrutura adequada, o Brasil está preparado para receber as seleções de todo o mundo e proporcionar um evento memorável.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
15°
Tempo nublado

Mín. 14° Máx. 17°

15° Sensação
1.34km/h Vento
95% Umidade
100% (49.76mm) Chance de chuva
07h18 Nascer do sol
05h35 Pôr do sol
Seg 15° 14°
Ter 21° 13°
Qua 16° 13°
Qui 17° 13°
Sex 19° 13°
Atualizado às 19h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,38 +0,00%
Euro
R$ 5,77 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 379,169,53 +0,95%
Ibovespa
119,662,38 pts 0.08%
Publicidade