16°C 31°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Escritor de Bento é empossado na Academia de Letras do Brasil

Gabriel Josende agora faz parte dos escritores da Seccional RS da academia. Solenidade foi no sábado, 11.

15/11/2023 às 10h12 Atualizada em 16/11/2023 às 09h20
Por: Marcelo Dargelio
Compartilhe:
Escritor de Bento é empossado na Academia de Letras do Brasil

O poeta e escritor bento-gonçalvense, Gabriel Josende, conhecido por seu pseudônimo OLYMPUZ, foi empossado na Academia de Letras do Brasil – Seccional RS (ALB/RS). A solenidade ocorreu no sábado, 11 de novembro, na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. 

O autor, que é natural de Bento Gonçalves, já tem 5 obras publicadas: Três quintos (2019, poesia); Nas asas de Ícaro (2023, poesia); Feriu demais partir (2023, poesia); Só ar, sem sono, sem ar (2023, contos) e Espectro (2023, poesia), e alegra-se com esse significativo passo em sua carreira. 

Gabriel é fascinado por numerologia. Ele comentou algo que lhe chamou atenção: no dia de sua posse, 11/11, a data é síncrona (com a repetição do número 11 no dia e no mês), como também a soma total da data (11/11/2023) fecha o número 11 como resultado. Para o autor, isso é muito simbólico, visto que o número 11 é o mesmo algarismo dentro da numerologia que o poeta escolheu para vibrar em seu nome artístico, OLYMPUZ.

 

 SOBRE O AUTOR

Gabriel Elias Josende é um poeta e escritor de Bento Gonçalves. Nascido em 10 de setembro de 1996, é estudante de Licenciatura em Letras pelo IFRS – Campus Bento Gonçalves. Publica principalmente poesia, mas recentemente, aventurou-se na prosa também, com seu primeiro livro de contos. É autor de 5 livros (4 já lançados, outro com lançamento marcado para 2024): Três quintos (2019, poesia); Nas asas de Ícaro (2023, poesia); Feriu demais partir (2023, poesia); Só ar, sem sono, sem ar (2023, contos) e Espectro (2023, poesia). Só em 2023, lançou 4 dos seus 5 livros. Já participou, também, de diversas antologias.

Iniciou na literatura muito jovem, graças à influência de sua mãe, a professora de literatura Adriana Elias Josende, a "Profe Adri", que o incentivou a publicar um poema em uma antologia. Assim, participou da 20ª Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos com o poema "A flor", aos 8 anos.

Já teve poemas publicados em antologias internacionais, como "Caminhos Cruzados", publicado na obra chilena "Mil almas, mil obras", e o poema "Autumn Tears", em inglês, publicado no livro indiano "Before I become a butterfly". Trabalha principalmente com as temáticas LGBTQIAP+ e da mitologia grega, as quais aparecem em peso nas suas obras. Fala, também, de depressão, bullying, ansiedade, preconceito, de rejeição e de síndrome do pânico. 

Publica também sob o pseudônimo OLYMPUZ.

O autor é helenista há mais de uma década, e reflete essa fé incomum em seus textos. Sua literatura fala de astrologia, astronomia, magia, esoterismo e numerologia. Aborda a temática do Universo, dos planetas, das galáxias e de seres fantásticos na poesia e na prosa. A origem de OLYMPUZ vem do monte Olimpo, morada dos deuses, estilizada de maneira a vibrar o 11 na numerologia. A escrita em maiúsculas é para demonstrar a elevação ao superior.

Instagram do autor: https://www.instagram.com/gabrieljosende

Site oficial: https://www.gabrieljosende.com

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
19°
Tempo nublado

Mín. 16° Máx. 31°

19° Sensação
1.13km/h Vento
97% Umidade
5% (0mm) Chance de chuva
06h13 Nascer do sol
07h06 Pôr do sol
Sáb 32° 17°
Dom 29° 17°
Seg 28° 17°
Ter 23° 18°
Qua 23° 19°
Atualizado às 06h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 0,00 +0,00%
Euro
R$ 0,00 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,00 +0,00%
Bitcoin
R$ 0,00 +0,00%
Ibovespa
0,00 pts %
Publicidade