12°C 19°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Como um studio de 25m² se tornou um exemplo de praticidade e elegância

Com dupla funcionalidade e marcenaria colorida, projeto realizado pelo arquiteto Carlos Navero propicia estrutura completa e confortável em um imóvel de aluguel

07/09/2022 às 16h48
Por: Renata Oliveira Fonte: Dc33
Compartilhe:
Projeto eficiente, realizado pelo arquiteto Carlos Navero, explora os 25m² de studio localizado São Paulo. O layout cria um ambiente completo e sofisticado, mesmo com metragem reduzida. | Crédito: Erika Waldmann – W&WFotografia
Projeto eficiente, realizado pelo arquiteto Carlos Navero, explora os 25m² de studio localizado São Paulo. O layout cria um ambiente completo e sofisticado, mesmo com metragem reduzida. | Crédito: Erika Waldmann – W&WFotografia

Atualmente, com o boom de Studios e Lofts, principalmente em cidades grandes, se tornou cada vez mais necessário explorar esses apartamentos compactos para que se transformem em verdadeiros lares para seus moradores. Afinal, já é ultrapassada a ideia de que esses empreendimentos são desfavoráveis por não possuírem grandes metragens. Uma vez que estão localizados em locais estratégicos, próximos do acesso ao transporte público, instituições de ensino, centros empresariais, comércio e lazer, entre outros atrativos, vale a pena readequar o modo de vida em um padrão de que ‘menos é mais’.

Por esses e outros motivos, os apartamentos compactos acabam sendo escolhas ideais para quem vem de outras cidades em busca de trabalho e estudo, ou que preferem não atravessar de um ponto a outro todos os dias. Para quem acredita que nessa mudança o conforto e a qualidade de vida ficam em segundo plano, não precisa se preocupar, pois com o auxílio da arquitetura de interiores é possível ampliar o espaço desses pequenos apartamentos.

Uma casa fora de casa

O arquiteto e colecionador de arte Carlos Navero recebeu uma importante missão de seu cliente, um americano que comprou, na rua Frei Caneca, região da Consolação, em São Paulo, um studio de 25m². Embora a empresa em quem trabalha esteja instalada em Washington, D.C. (EUA), suas atividades profissionais o fazem estar no Brasil com certa frequência. Posto isso, um imóvel projetado estrategicamente era essencial para o seu bem-estar. “Além de atender as adequações importantes para suas estadas em nosso país, nosso projeto também contemplou uma estrutura interessante para o aluguel por temporada quando ele não estiver por aqui”, relembra Carlos.

Confira as boas ideias implementadas pelo profissional:

1 - Décor estilizado

Na arquitetura de interiores, as referências industriais e brutalistas marcaram presença em detalhes, como o acabamento em cimento queimado aplicado para o revestimento do piso, paredes e teto. Nessa linha do projeto, o quartzo branco foi eleito para as bancadas da cozinha e do banheiro.

O toque retrô do subway tile marca presença no revestimento da cozinha e do banheiro | Projeto Carlos Navero Arquitetura |Crédito: Erika Waldmann – W&WFotografia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para quebrar o décor mais ‘bruto’, obras de arte foram inseridas em espaços estratégicos, criando uma composição estética que se utiliza de referências artísticas, como os retratos de ícones da Pop art, como Andy Warhol e Yayoi Kusama na prateleira acima da cama, estampados em obras de Juan Esteves. | Projeto Carlos Navero Arquitetura | Crédito: Erika Waldmann – W&WFotografia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O acabamento ripado que finaliza a cama de casal foi feito dessa maneira pois, na verdade, o morador tem acesso aos três gavetões embutidos. “Muito discreto, o cliente não queria que o acesso se tornasse visível aos olhos. Por isso, o efeito da marcenaria ocultou as gavetas”, revela o arquiteto.

2 - Marcenaria planejada e inteligente

Grande parte das soluções propostas foram alcançadas por conta da marcenaria, que correspondeu muito bem às necessidades do proprietário. Basicamente, todo o apartamento foi planejado em marcenaria azul, no tom Sirena, da Duratex, e por se tratar de um projeto pequeno, toda a marcenaria se revelou primordial e funcional.

“O morador pediu um a presença de muitos armários, sendo que alguns desses deveria ser fechado com chaves – uma estratégia para que ele pudesse ter seus pertences preservados do acesso de locatários”, destaca o arquiteto sobre como a marcenaria otimizou o espaço diminuto e ainda contribuiu para os desejos do cliente. | Crédito: Erika Waldmann – W&WFotografia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Com os espaços e móveis multiuso, sobrou espaço hábil para a realização de uma cozinha completa, já que o proprietário adora cozinhar e prefere preparar seu menu a pedir ou comer fora. Além disso, o grande banco azul também possui dupla funcionalidade: “Ele queria um banco onde sua doguinha, a schnauzer Shakira”, pudesse se abrigar, relembra Carlos. | Crédito: Erika Waldmann – W&WFotografia

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
18°
Tempo nublado

Mín. 12° Máx. 19°

18° Sensação
1.79km/h Vento
89% Umidade
100% (18.49mm) Chance de chuva
07h19 Nascer do sol
05h35 Pôr do sol
Qua 22° 13°
Qui 21° 12°
Sex 15° 14°
Sáb 24° 12°
Dom 23° 14°
Atualizado às 13h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,06%
Euro
R$ 5,83 +0,11%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,16%
Bitcoin
R$ 370,730,57 -3,12%
Ibovespa
119,795,35 pts 0.55%
Publicidade