Segunda, 19 de Abril de 2021
54 98128.5277
16°

Poucas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Dólar com.

R$ 0,

Euro

R$ 0,

Peso Arg.

R$ 0,

Geral De Fato é Fato

Afinal, quem são os culpados pelo caos?

Coluna de Marcelo Dargelio fala sobre o caos na pandemia, Esportivo e muito mais...

07/03/2021 22h51
536
Por: Redação Fonte: Marcelo Dargelio
Afinal, quem são os culpados pelo caos?

Estamos vivendo o momento mais perigoso da pandemia da Covid-19 no Brasil. Hospitais superlotados, nossos entes queridos ficando em estado grave ou até morrendo por causa desta doença terrível. Empresas que ficarão fechadas por mais de 30 dias, com seus funcionários correndo o risco de demissão ou proprietários temerosos em não conseguirem dar a volta. São cenários nunca vistos em nossas vidas. Mas, afinal, quem são os culpados? Ah, você pode pensar, os culpados são os políticos, que não se anteciparam para realizar a compra da tão esperada vacina. Pode ser. Mas e você, que saiu de casa, quando não podia? Que fez festas e aglomerou quando não podia? Será que também não tem culpa? E aquele pai de família humilde que perdeu o emprego, que não consegue sustentar seus filhos por não poder sair de casa? Será que ele tem culpa de algo? Somos ótimos juízes das redes sociais e da vida dos outros, mas esquecemos de olharmos nossas próprias atitudes. Todos nós, em algum momento, temos culpa do que está acontecendo...

O único prefeito corajoso na região

O momento é de pressão total sobre prefeitos e governadores, em função do caos que envolve a pandemia do novo coronavírus. Vale aqui destacar a coragem do prefeito de Carlos Barbosa, Everson Kirch, que começou a multar pessoas que estavam andando sem máscaras pela cidade, enquanto o único hospital do município estava superlotado. A falta de empatia com o próximo de cerca de 20 pessoas vai arder no bolso: multa superior a R$ 1 mil. Houve xingamentos dos multados contra os fiscais, como pelo "simples fato de andarem sem máscara" não deveriam ser punidos desta forma. Pode ser que a medida não tenha feito o número de internados no hospital baixasse, mas, com certeza, fará essas pessoas que estão acostumadas a infringir as leis a pensarem duas vezes antes de fazê-lo novamente.

E em Bento Gonçalves, porque não foi feito?

 Essa pergunta foi feita por muitas pessoas. A prefeitura de Bento multou, sim, e não foi pouco. Mas, na Capital do Vinho, optou-se pela conscientização, pelo bom senso. As empresas, principalmente, teriam que infringir umas três vezes as regras para depois serem autuadas. Mas as pessoas passaram batidas. Talvez, se tivéssemos medidas mais duras, cobrando multas pesadas dos infratores, não teríamos festinhas rolando em coberturas de prédios e em sítios no interior, mesmo com o hospital em colapso. Já que não há empatia. Que também não haja tolerância.

Bento Gonçalves sai na frente pela vacina

Bento Gonçalves foi um dos primeiros municípios do interior do Brasil a ter aprovação do Legislativo para comprar doses de vacinas contra a Covid-19, assim que elas estiverem disponíveis. São R$ 1 milhão que devem permitir a compra em torno de 18 mil vacinas. Uma ótima sacada do prefeito Diogo Siqueira e também dos vereadores, liderados pelo presidente Rafael Pasqualotto (Progressistas), que votaram o projeto que autoriza a compra a toque de caixa. Que assim que seja efetivada a possibilidade compra, mais valores sejam investidos para que outras milhares de doses sejam adquiridas. Neste momento, não a lados e diferenças, todos temos que estar unidos pela imunização do maior número de pessoas possível. É isso que todos desejamos.

Atuações do Clube Esportivo em 2021 preocupam

O Esportivo começou a temporada 2021 deixando o torcedor muito apreensivo. Em 3 jogos, são duas derrotas e apenas uma vitória. Mas, pior que os resultados, é o baixo aproveitamento ofensivo da equipe. Apenas um gol marcado e pouquíssimas chances de gol se somarmos as três partidas. Apesar de ser início do campeonato, o sinal amarelo tem que estar ligado. O Alviazul tem só pedreiras pela frente: Grêmio e Caxias pelo estadual e o Remo pela Copa do Brasil. Porém, é nos jogos mais difíceis que o técnico Luís Carlos Winck e seus comandados  têm a oportunidade de mostrar a que vieram. Não é fácil e há pouco tempo para um mudança de postura dentro de campo e de melhoria do futebol apresentado até o momento. Vamos lá, Tivo!!! Ainda dá pra buscar!!! Tem muita coisa grande esperando por esse clube.

Esportivo 1 x 0 São José-RS - Campeonato Gaúcho rodada 1 - Tempo Real - Globo Esporte

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.