Sexta, 16 de Abril de 2021
54 98128.5277
Política POLÍTICA

Quem é e como pensa o mais jovem vereador da história de Bento Gonçalves

Davi Da Rold Sanguitão (Progressistas), de 22 anos, assume nesta quarta-feira, dia 20, a vaga deixada por Eduardo Virissimo, que retorna à Secretaria de Esportes e Desenvolvimento Social

20/01/2021 12h40 Atualizada há 3 meses
126
Por: Redação Fonte: Jorge Bronzato Jr.
Arquivo Pessoal
Arquivo Pessoal

Aos 22 anos e depois de conquistar 927 votos na eleição de 2020, o bento-gonçalvense Davi Da Rold Sanguitão (Progressistas) assume nesta quarta-feira, dia 20, uma cadeira no Poder Legislativo. Com o retorno de Eduardo Virissimo à Secretaria de Esportes e Desenvolvimento Social (Sedes), ele deixa a suplência e se torna o mais jovem vereador da história do município a tomar posse na Câmara.

Filho de Gina Da Rold, farmacêutica e produtora rural, e de Marcelo Sanguitão, empresário, Davi começou a estudar Ciências Políticas, Economia e Filosofia, na Open University, na Inglaterra, e hoje está terminando a graduação no formato EAD no Brasil. Em 2019, também se formou pelo RenovaBR Cidades e, nesse meio tempo, atuou como assessor do ex-prefeito Guilherme Pasin e diretor na Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural.

Focado em ingressar na vida pública desde a adolescência, ele diz estrar preparado para ajudar Bento a modernizar seus serviços e o ampliar o retorno dado à comunidade. De sua experiência no exterior, acredita que pode trazer uma série de exemplos positivos para contribuir com a cidade, em áreas como mobilidade urbana, tecnologia e inovação, entre outras.

Sua "palavra de ordem", muito empregada na campanha eleitoral, é "desburocratização". E uma das ações que ele pretende defender para colocar essa tarefa em prática é a digitalização para agilizar alguns processos públicos, associada, também, à revogação de leis que, na sua visão, emperram esse andamento e à criação de novas políticas de incentivo ao empreendedorismo.

Conheça um pouco mais de Davi Da Rold Sanguitão, em suas próprias palavras:

Motivação para entrar na vida pública:
"Desde pequeno, ouvia a indignação da minha família com a política e os políticos, sempre me questionei o porquê desse sistema  ser tão lento, pesado e ineficiente na maioria das vezes. Com o tempo, fui me inteirando, participando de grêmio estudantil, exercendo liderança em grupos e até mesmo representando minha escola na Câmara de Vereadores no ensino médio. Sempre fui sonhador e idealista, convicto do meu propósito e determinado a deixar um legado. Aos 15 anos, eu decidi que queria ser político, mas que, para isso, eu ia buscar conhecimento e preparação. Foi aí que comecei a estudar cada vez mais, tomando a decisão de ir para a Inglaterra fazer a faculdade no centro político-filosófico europeu, para buscar o máximo de conhecimento e novas soluções e ideias. Quando retornei ao Brasil, tive a oportunidade de me aprofundar na experiência prática trabalhando na prefeitura de Bento Gonçalves, diretamente com o prefeito Guilherme Pasin, e no Governo do Estado, com o secretário da Agricultura Covatti Filho e o governador Eduardo Leite, homens públicos íntegros e que admiro por ter convivido."

Renovação na política:
"Quero ser um espelho para outros jovens. Quero poder incentivar cada pessoa para buscar conhecimento e preparação e correr atrás dos seus sonhos. Sozinhos, não conseguimos mudar o mundo ou o sistema. Mas juntos, podemos melhorar o mundo e evoluir. Acredito na educação acima de tudo, a educação é a esperança pro Brasil."

Experiência na Europa:
"Vivi uma experiência incrível na Europa. Fui para extrair todo conhecimento possível. Quem já morou fora ou até mesmo passou uns dias no exterior, sabe como nossa mente expande e como aprendemos com as diferenças. Valorizamos as coisas boas que aqui temos e trazemos os bons costumes do exterior. Trabalhando de garçom na Inglaterra e juntando uma parte do meu salário, tive a oportunidade de conhecer mais de 20 países da Europa, onde fui buscar conhecimentos nas mais diversas áreas, como mobilidade urbana, tecnologia e inovação, segurança pública, agricultura, educação, saúde, temas sociais e empreendedorismo. Tenho muitas ideias bacanas de fora que podem, sim, começar a ser trabalhadas aqui em Bento."

O papel do vereador:
"O papel do vereador pra mim é muito claro. É legislar, criar ou extinguir leis que muitas vezes burocratizam a vida de quem quem empreender e trabalhar. E fiscalizar, estar atento em como o Executivo Municipal investe no município os impostos pagos por nós. Não quero ser um vereador que se limita a dar nome de rua e solicitar troca de lâmpada nas ruas. Podemos fazer muito mais, Bento é uma cidade pujante e apaixonante em todos seus setores. Vou me engajar muito na desburocratização, modernização e planejamento do município. Buscar alternativas e soluções em municípios que são cases de sucesso em áreas onde temos debilidades como na mobilidade urbana, faz com que o desenvolvimento de políticas públicas e projetos deste nível, tragam progresso e mais qualidade de vida para as pessoas.

Propostas/Projetos:
"Poderia citar área por área, mas destaco forte engajamento no mandato no planejamento urbano: saneamento básico, mobilidade urbana e Plano Diretor, ouvindo as entidades e técnicos. Bento precisa crescer com qualidade e não somente quantidade. Desburocratização: revogação de leis, apoio à digitalização dos processos do poder público municipal e politicas públicas de incentivo ao empreendedorismo. Turismo: políticas públicas de incentivo ao turismo, fiscalizar a condição das estradas no interior para a agricultura e nosso turismo rural.
Ao longo do mandato, trabalharei muito forte a representatividade. Por ter atuado no Governo do Estado, criei bons contatos em Brasília e Porto Alegre, e desde 2019 captei mais de R$1,5 milhão para Bento Gonçalves. Este trabalho continuará, serei agente constante em Brasília e Porto Alegre para levar projetos e buscar recursos para Bento."

Expectativas x Objetivos futuros:
"Me sinto honrado em poder servir a minha cidade como vereador. O fato de eu ser o vereador mais jovem da história de Bento Gonçalves não altera minha essência e meus princípios, seguirei zelando pelo diálogo, a transparência e resultados. 
Estou focado, neste mandato, em estar cada vez mais próximo das pessoas, ouvindo, dialogando e construindo, buscando conhecimento e capacitação e trabalhando, o trabalho dignifica. Sou muito grato ao vereador Eduardo Virissimo por ter a honra de assumir o seu gabinete na Câmara e também ao prefeito Diogo Siqueira pela confiança depositada em mim na Câmara. Serei um vereador que vai trabalhar por Bento com cada um dos meus colegas, independente do partido, mas sim em um propósito comum, o progresso e crescimento de Bento Gonçalves."

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.