7°C 14°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Janaína Farias destaca programas sociais e a diminuição da pobreza no Brasil

A pobreza e a extrema pobreza no Brasil atingiram em 2023 seus menores índices desde 2012, afirmou nesta quarta-feira (25), em Plenário, a senadora...

25/04/2024 às 11h35
Por: Marcelo Dargelio Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
 - Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
- Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A pobreza e a extrema pobreza no Brasil atingiram em 2023 seus menores índices desde 2012, afirmou nesta quarta-feira (25), em Plenário, a senadora Janaína Farias. Ela mencionou os dados de pesquisa do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), indicando que a taxa de pobreza do país caiu, no ano passado, de 31,6% para 27,5%, enquanto a taxa de extrema pobreza diminuiu de 5,9% para 4,4%. Ela ressaltou que 13 milhões de pessoas conseguiram deixar para trás a ameaça da fome, enquanto a renda domiciliar per capita atingiu um recorde de R$ 1.848, um aumento de 11,5%.

— Tenho muito orgulho de poder ajudar este governo e reconstruir um Brasil para todos os brasileiros e para todas as brasileiras, e não só para alguns. As boas notícias veiculadas pela imprensa nos últimos dias têm, em sua base, a reconstrução das políticas sociais, em especial do Bolsa Família. Em março, o novo Bolsa Família completou um ano, e ele já está presente em um de cada cinco domicílios. É a maior proporção já registrada, e significa que o programa alcança 14,7 milhões de lares brasileiros. Já está mais do que provado que o Programa Bolsa Família reduz a desigualdade socioeconômica no Brasil — afirmou.

Janaína elogiou a ação do do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e ministro do Desenvolvimento e Assistência Social Wellington Dias, na reformulação das políticas sociais. Ela também citou estudos do IBGE e da Fundação Maria Cecilia Vidigal, segundo os quais o programa Bolsa Família reduziu em 91,7% o percentual de crianças na primeira infância que viviam em famílias de condições de extrema pobreza.

Lei de Cotas

Além disso, Janaína Farias celebrou a aprovação, pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), do projeto de lei que prorroga por dez anos a política afirmativa no serviço público federal e amplia de 20% para 30% a reserva de vagas em concursos públicos para negros, indígenas e quilombolas. Aprovado pela CCJ, o PL 1.958/2021 ainda precisa passar por turno suplementar de votação no colegiado antes de seguir para a Câmara dos Deputados.

— Estou muito feliz, porque a gente sabe da importância da Lei de Cotas, tanto nas universidades como nos concursos públicos, é uma oportunidade que temos de nos retratar pelos anos e anos em que nós esquecemos essa população — declarou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
10°
Tempo nublado

Mín. Máx. 14°

10° Sensação
1.79km/h Vento
94% Umidade
100% (12.93mm) Chance de chuva
07h08 Nascer do sol
05h38 Pôr do sol
Sáb
Dom 13°
Seg 11°
Ter
Qua 14°
Atualizado às 18h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,17 +0,45%
Euro
R$ 5,61 +0,81%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,07%
Bitcoin
R$ 376,300,85 +2,12%
Ibovespa
124,305,57 pts -0.34%
Publicidade