16°C 31°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Santos inicia a temporada de cruzeiros marítimos 2023/2024

Começou em Santos a maior temporada de cruzeiros dos últimos anos; Gleison Pinheiro, diretor da DELTA DEDETIZADORA, explica como funciona a limpeza...

01/12/2023 às 16h06
Por: Marcelo Dargelio Fonte: Agência Dino
Compartilhe:
Image by frimufilms Freepik
Image by frimufilms Freepik

No final de outubro, com a escala do navio MSC Preziosa no Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini-Concais, em Santos (SP), teve início a temporada de cruzeiros marítimos 2023/2024, que deve ser a maior dos últimos anos, com 195 dias de duração e quase sete meses de navegação. O navio movimentou mais de 6,3 mil passageiros, entre desembarque e embarque, conforme publicação da Prefeitura de Santos.

De acordo com a previsão, a cidade portuária espera receber quinze transatlânticos, sendo sete regulares, totalizando 152 escalas até 3 de maio de 2024. Ao todo, os navios devem movimentar 917 mil passageiros entre embarque, desembarque e trânsito.

Gleison Pinheiro, diretor da DELTA DEDETIZADORA, empresa que presta serviços de dedetização em São Paulo (SP), destaca que, entre outros elementos, o fenômeno chama a atenção para a limpeza e a dedetização em grandes navios de cruzeiro.

Ele explica que a maneira mais eficaz de assegurar a proteção no controle de pragas em navios é através da implementação de ações no MIP (Manejo Integrado de Pragas). O programa realiza uma avaliação abrangente do ambiente, elaborando planos de ação personalizados com base nos riscos e ameaças identificados.

“As ações previstas no MIP abrangem intervenções corretivas, preventivas e educativas”, afirma.

Segundo Pinheiro, é comum estabelecer contratos para serviços de dedetização e controle de pragas, visando a eliminação de animais e focos de proliferação por meio do uso de produtos específicos para essa finalidade.

“A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) desempenha o papel de regulamentar as condições sanitárias e de higiene em navios”, explica Pinheiro. “A Resolução RDC 72/2009 aborda a ‘promoção da saúde nos portos de controle sanitário instalados em território nacional, e embarcações que por eles transitem’”, detalha.

Para o diretor da DELTA DEDETIZADORA, é essencial investir na dedetização em navios para estar em conformidade com as exigências legais estabelecidas por essa resolução.

Ele destaca que, segundo a seção X, intitulada “Controle de Espécies da Fauna Sinantrópica Nociva à Saúde”, é fundamental manter o ambiente livre de criadouros de larvas de insetos, insetos adultos, outros animais transmissores e reservatórios de doenças de importância em saúde pública, bem como de animais peçonhentos que possam representar riscos à saúde individual ou coletiva.

“Adicionalmente, é crucial eliminar fatores que favoreçam a manutenção e reprodução desses animais”, afirma Pinheiro.

Para mais informações, basta acessar: https://deltadedetizacao.com.br/

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
19°
Tempo nublado

Mín. 16° Máx. 31°

19° Sensação
1.13km/h Vento
97% Umidade
5% (0mm) Chance de chuva
06h13 Nascer do sol
07h06 Pôr do sol
Sáb 32° 17°
Dom 29° 17°
Seg 28° 17°
Ter 23° 18°
Qua 23° 19°
Atualizado às 06h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,97 +0,11%
Euro
R$ 5,38 +0,21%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,37%
Bitcoin
R$ 268,414,82 -1,32%
Ibovespa
130,240,55 pts 0.16%
Publicidade