17°C 25°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

"Não podemos normalizar a barbárie, a atrocidade que foi feita", salienta técnico do BGF/AAPF

Vaner Flores, que foi agredido na partida de volta da semifinal da Série Ouro diante da SER Santiago, cobra punição severa ao clube adversário.

28/11/2023 às 13h00 Atualizada em 28/11/2023 às 13h05
Por: Kevin Sganzerla Fonte: NB Notícias
Compartilhe:
Foto: Kévin Sganzerla
Foto: Kévin Sganzerla

"Barbárie" e "atrocidade": é desta forma que o técnico do BGF/AAPF, Vaner Flores, relata os ocorridos no jogo de volta da semifinal da Série Ouro entre o time de Bento Gonçalves e a equipe da SER Santiago, no último sábado (25), em Santiago. Na ocasião, o treinador do time da Serra Gaúcha foi agredido pelo presidente do clube adversário, por torcedores e até por seguranças. A partida foi interrompida aos 10 minutos da etapa derradeira e, agora, será definida no âmbito da justiça desportiva. 

O BGF/AAPF vencia por 2 a 1, resultado que classificava a equipe à final, quando a SER Santiago teve um gol anulado. Neste momento, o presidente da equipe da casa agrediu o técnico Vaner Flores. Na sequência, torcedores e seguranças também partiram para cima do treinador. O time de Bento Gonçalves se retirou de quadra. No vestiário, torcedores continuaram com as hostilizações chutando a porta e quebrando os vidros. O dinheiro para a janta do time e documentos do treinador foram furtados. 

"Infelizmente, aconteceu essa, eu diria, atrocidade na minha terra natal. Sou de lá e tenho maior carinho, maior respeito com as pessoas do bem, mas não posso ser conivente com a situação que aconteceu em Santiago, por parte principalmente do presidente da SER Santiago. Tudo o que eu falo temos imagens para comprovar. Tudo o que o BGF/AAPF passou lá, tudo que eu, na minha pessoa, passou lá eu não desejo para ninguém e nosso esporte não pode ter espaço para essa barbárie", comenta. 

Vaner Flores relata que sofreu diversas lesões pelo corpo, sobretudo com ferimentos na cabeça e no rosto. O treinador fez boletim de ocorrência por conta das agressões sofridas. Até o momento, a Federação Gaúcha de Futebol e Salão ainda não se pronunciou oficialmente sobre o fato. "Eu espero que a FGFS, pelos seus 65 anos, não fique escondida atrás de quem vai julgar. Ela precisa ter um pronunciamento e não pode ser um pronunciamento de confusão generalizada. Não teve confusão generalizada. Teve um cara que foi Vaner Flores sendo agredido covardemente por um bando de vermes. Podemos falar e comprovar", pondera. 

O técnico do BGF/AAPF espera que a punição para a SER Santiago por conta do episódio de agressões seja exemplar e que o clube de Bento Gonçalves seja classificado à final da Série Ouro. "Ela tem que ser exemplar, pois se não for, a barbárie será normalizada e isso não pode acontecer no meio do esporte. Jamais eu tinha passado po isso e a minha equipe também. Saímos de Bento Gonçalves para ir buscar uma classificação e se não buscássemos era só voltarmos são e salvos com saúde para nossas famílias, foi o que não aconteceu", explica Vaner Flores, que complementa:

"Estou bastante afetado emocionalmente, psicologicamente não estou bem, mas a gente vai seguir buscando que essa equipe seja punida da melhor maneira para o esporte. Não podemos normalizar a barbárie, a atrocidade que foi feita, principalmente contra a minha pessoa, contra o BGF/AAPF, que carrega na história uma coisa ordeira, com a sua torcida, com suas famílias, com todos que se empenham em prol do clube", afirma. 

Nesta segunda-feira (27), o presidente da SER Santiago renunciou ao cargo após o episódio. As duas equipes agora aguardam o jugamento por parte do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), cuja decisão sobre o futuro da partida e dos dois times na competição deve ser conhecida ainda nesta semana, segundo a FGFS. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
25°
Tempo nublado

Mín. 17° Máx. 25°

25° Sensação
0.49km/h Vento
99% Umidade
100% (21.65mm) Chance de chuva
06h15 Nascer do sol
07h03 Pôr do sol
Ter 22° 18°
Qua 27° 17°
Qui 25° 18°
Sex 29° 16°
Sáb 29° 15°
Atualizado às 16h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,98 -0,27%
Euro
R$ 5,41 -0,01%
Peso Argentino
R$ 0,01 -1,28%
Bitcoin
R$ 288,437,27 +7,05%
Ibovespa
129,609,05 pts 0.15%
Publicidade