Sábado, 25 de Junho de 2022
16°

Pancada de chuva

Bento Gonçalves - RS

Assistência Social Rio Grande do Sul

Governo do Estado lança programa PopRua RS em Novo Hamburgo

Por meio da Secretaria da Igualdade, Cidadania, Direitos Humanos e Assistência Social, o governo do Estado lançou, nesta quinta-feira (10/3), o programa PopRua RS em Novo Hamburgo, com a inauguração da Casa de Acolhimento Principia.

10/03/2022 às 19h50
Por: Redação Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Compartilhe:
Secretária Regina Becker participou da solenidade, que teve a inauguração da Casa de Acolhimento Principia - Foto: Cristina Pozzobon / Ascom SICDHAS
Secretária Regina Becker participou da solenidade, que teve a inauguração da Casa de Acolhimento Principia - Foto: Cristina Pozzobon / Ascom SICDHAS

Por meio da Secretaria da Igualdade, Cidadania, Direitos Humanos e Assistência Social, o governo do Estadolançou, nesta quinta-feira (10/3), o programa PopRua RS em Novo Hamburgo, com a inauguração da Casa de Acolhimento Principia. O município foi contemplado na segunda fase do programa, com o valor de R$ 297.381, via convênio com o Estado.

A secretária Regina Becker participou da solenidade. “Ciente de que o isolamento social ocasionaria uma perda muito grande de renda para a população mais vulnerável, causando verdadeiras tragédias domésticas como a fome e a miséria, o governo, através da nossa secretaria, decidiu criar estas estratégias de intervenção. Acredito que o PopRua RS possa trazer alívio à população de rua de Novo Hamburgo, para que possam se sentir minimamente seguros, alimentados e tratados devidamente, como direito de todos e dever do Estado”, afirmou.

O evento de lançamento marcou a inauguração da Casa de Acolhimento Principia. O espaço funciona na rua Gomes Portinho, 294, e vai atender por meio de encaminhamento da rede municipal de assistência social. Serão ministradas oficinas profissionalizantes, com a proposta de inserção no mercado de trabalho. A capacidade de atendimento é de 20 pessoas. A casa abre suas portas a partir de parceria entre o Estado e o município, por meio do Fundo Estadual de Apoio à Inclusão Social e Produtiva (Feaisp).

O secretário municipal de Desenvolvimento Social de Novo Hamburgo, Éliton Ávila, falou de oportunidade como ferramenta para combater a desigualdade. “Acreditamos na capacidade de criar pontes e mudar destinos”, disse.

O programa 

A iniciativa é resultado da parceria entre Estado, terceiro setor e empresas que contribuíram com recursos destinados ao fundo do Programa de Incentivo à Inclusão e Promoção Social (Pró-Social), que concede incentivo fiscal para o financiamento de projetos sociais no Estado às empresas, através da renúncia do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), autorizado pelo Executivo. O recurso, que já soma R$ 4,5milhões, é proveniente do Feaisp.

As estratégias de intervenção propostas pelo governo do Estado vão possibilitar o atendimento às demandas mais básicas, como alimentação, testagem, pernoite e saúde da população em situação de rua nestas cidades. Para isso, o acolhimento institucional prevê a entrega de quentinhas, EPIs, espaço físico para higienização e banho, material de higiene pessoal, rouparia de cama e banho, encaminhamento para pernoite/alojamento e saúde, informações sobre trabalho e emprego e direitos humanos. Serão contempladas pela iniciativa as diversidades LGBTQI+ (gays, lésbicas, bissexuais, transexuais, travestis, entre outros) da população de jovens, adultos, idosos e famílias em situação de rua.

O valor investido na primeira edição foi de R$ 6,5 milhões, nas cidades de Porto Alegre, Caxias do Sul, Pelotas, Rio Grande e Santa Cruz.

Resultados da primeira edição nos cinco municípios:
• 73.170 pessoas atendidas
• 337.980 refeições (almoço, jantar, lanches)
• 163.229 kits de higiene/EPIs
• 21.137 ofertas de banho
• 4.237 cobertores/sacos de dormir
• 2.919 encaminhamentos para pernoite
• 3.200 passagens de transporte público
• 19.125 atendimentos técnicos/abordagens
• 1.764 à rede socioassistencial
• 698 encaminhamentos ao mercado de trabalho

Em sua segunda edição, foram selecionados seis municípios que tinham número considerável de indivíduos e famílias em situação de vulnerabilidade e risco social decorrente de situação de rua e desabrigo, por abandono, migração e ausência de residência ou pessoas em trânsito, sem condições de autossustento, inseridos no CadÚnico do governo federal.

Os municípios contemplados foram Alvorada, Gravataí, Novo Hamburgo, Viamão, Santa Maria e Passo Fundo. Receberam do Estado um total de R$ 1,2 milhão, atendendo um público estimado de 1.228 pessoas em situação de rua.

Texto: Felipe Farias/Ascom SICDHAS
Edição: Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves - RS Atualizado às 21h57 - Fonte: ClimaTempo
16°
Pancada de chuva

Mín. 14° Máx. 19°

Dom 18°C 7°C
Seg 19°C 9°C
Ter 22°C 10°C
Qua 18°C 7°C
Qui °C °C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete