Quinta, 19 de Maio de 2022
12°

Muitas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Política Luto

Morre Olavo de Carvalho, considerado o guru de Bolsonaro nas eleições de 2018

A causa da morte ainda não foi divulgada. No dia 15 de janeiro, a equipe do escritor anunciou que ele foi diagnosticado com Covid-19.

25/01/2022 às 07h46
Por: Redação Fonte: Estadão/Conteúdo
Compartilhe:
Morre Olavo de Carvalho, considerado o guru de Bolsonaro nas eleições de 2018

Morreu na noite desta segunda-feira, 24, o escritor Olavo de Carvalho, de 74 anos, considerado o guru do presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2018. A notícia foi divulgada em seu perfil oficial nas redes sociais. 

Na publicação, a família de Carvalho informou que ele faleceu na região de Richmond, na Virgínia, nos Estados Unidos, onde estava hospitalizado. A causa da morte ainda não foi divulgada. No dia 15 de janeiro, a equipe do escritor anunciou que ele foi diagnosticado com Covid-19. "O professor deixa a esposa, Roxane, oito filhos e 18 netos. A família agradece a todos os amigos as mensagens de solidariedade e pede orações pela alma do professor", finaliza a nota.

Natural de Campinas (SP), Olavo Luiz Pimentel de Carvalho ganhou projeção ao publicar vídeos e livros rejeitando veementemente pautas associadas às militâncias de esquerda, o que o fez se tornar um "guru" do conservadorismo e da nova direita nas redes. Ele, que intitulava a si mesmo como professor de filosofia, foi um dos grandes aliados ideológicos do presidente Jair Bolsonaro nas eleições de 2018 e ganhou elogios públicos do chefe do Executivo no início de seu mandato.

Olavo rompeu com Bolsonaro em meados de 2020, quando publicou um vídeo direcionando críticas e xingamentos ao governo. O escritor dizia estar decepcionado com o presidente por considerar ter sido usado por ele como uma espécie de "garoto propaganda". Em dezembro do ano passado, comentando a possibilidade de reeleição do mandatário este ano, Olavo afirmou que a “briga já está perdida”. 

O escritor era considerado um dos principais promotores do debate que deu força ao bolsonarismo na internet. Em suas publicações, Olavo criticava o "politicamente correto" e dava projeção às bandeiras levantadas por Bolsonaro durante a campanha. Antes de ter contato com o então candidato à Presidência, o autoproclamado filósofo tinha o apreço dos três filhos políticos do chefe do Executivo, que acompanhavam seus vídeos e o chamavam "professor Olavo". O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) chegou a divulgar um dos livros do escritor enquanto discursava no plenário da Câmara.     

Apesar de ter sido considerado um influenciador bolsonarista, Carvalho tentava se descolar do título nos últimos tempos. Em depoimento prestado à Polícia Federal, no bojo do inquérito das milícias digitais, em dezembro do ano passado, ele enfatizou que não mantinha relações com o presidente Jair Bolsonaro ou com seus filhos. 

No Twitter, o presidente lamentou a morte de Carvalho: "Nos deixa hoje um dos maiores pensadores da história do nosso país, o Filósofo e Professor Olavo Luiz Pimentel de Carvalho", escreveu. Eduardo Bolsonaro, Arthur Weintraub e Gil Diniz também prestaram homenagens ao influenciador nas redes sociais. 

Presidente Jair Bolsonaro lamentou a morte de Olavo de Carvalho nas redes sociais

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves - RS Atualizado às 16h27 - Fonte: ClimaTempo
12°
Muitas nuvens

Mín. Máx. 12°

Sex 16°C 3°C
Sáb 18°C 1°C
Dom 18°C 3°C
Seg 20°C 7°C
Ter 22°C 9°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete