Domingo, 22 de Maio de 2022
15°

Poucas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Viver Bem Cabelo

As causas mais comuns da queda de cabelo

Pacientes relatam queda acentuada de cabelo após se recuperarem da Covid-19

11/11/2021 às 16h12
Por: Jaqueline Bagnara Fonte: Divulgação
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Você já deve ter escutado sobre muitas “causas” da queda de cabelo, né? Usar boné, tomar banho muito quente, dormir com o cabelo úmido… todo mundo tem um motivo para justificar a perda dos fios. Entenda!

Usar chapéu ou boné provoca a queda de cabelo?

O uso de boné e chapéus se tornou comum entre homens e mulheres. Logo, alguns fios caem naturalmente, e com o uso de acessórios na cabeça, os cabelos se desprendem do couro cabeludo, mas só caem quando a pessoa remove o chapéu ou boné, por isso a ideia de queda acentuada. Porém, em pessoas com a pele oleosa é mais indicado evitar o seu uso para não contribuir com a queda, pois neste caso, pode afetar a qualidade dos tecidos do couro cabeludo.

Lavar os cabelos diariamente acelera a perda dos fios?

Aqui a situação é semelhante ao uso de boné. A lavagem ajuda a soltar os fios que já estão em fase natural de queda. Além disso, há épocas do ano em que os cabelos caem mais do que outras. Por isso, o cuidado deve ser feito para evitar excessos, como expor o cabelo a temperaturas mais quentes, assim como, deixar o couro cabeludo úmido por muito tempo, o que pode causar fungos ou micoses e favorecer a calvície.

Excesso de testosterona tem relação com a queda?

Sim! Há muitas dúvidas sobre a calvície relacionadas à testosterona, principalmente nos homens. O hormônio sexual masculino é considerado um dos maiores responsáveis pela queda de cabelo, pois quanto maior o excesso na produção, mais as substâncias reduzem a velocidade de multiplicar as células da raiz dos fios e/ou contribuem para a morte delas. Desta forma, os fios de cabelo ficam mais finos e com maior dificuldade para o crescimento. 

O consumo de cigarro pode causar calvície?

Sim. O hábito de fumar pode proporcionar a fraqueza dos fios ao longo dos anos e provocar a calvície. Isso corre devido às substâncias tóxicas presentes no cigarro, que contribuem para a degeneração dos vasos que abastecem as extremidades do corpo, como no couro cabeludo.

Queda capilar após a Covid-19

Um dos efeitos colaterais da infecção pela Covid-19 é a queda acentuada de cabelo? O relato da perda dos fios tem se tornado comum entre pacientes que se recuperaram da doença, chegando ao impressionante número de uma em cada quatro pessoas, ou 25% do total, conforme estudos recentes. A queda de cabelo em maior volume ocorre entre dois e três meses após a infecção. Por isso, caso você tenha contraído o vírus, fique atento à saúde dos fios

O estresse crônico contribui para a queda de cabelos?

Sim! Segundo estudos realizados por experts no assunto, o estresse crônico afeta a integridade dos fios, estando diretamente ligado aos hormônios. Além disso, a calvície pode se manifestar tanto em homens, quanto em mulheres.

Fique atento a saúde capilar, busque sempre orientações e tratamentos com profissionais especializados 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves - RS Atualizado às 16h00 - Fonte: ClimaTempo
15°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 18°

Seg 20°C 7°C
Ter 21°C 8°C
Qua 22°C 11°C
Qui 21°C 13°C
Sex 20°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete