Segunda, 20 de Setembro de 2021
18°

Pancada de chuva

Bento Gonçalves - RS

Rio Grande do Sul Barbárie

Homem é preso ao ser flagrado abusando da própria filha em praia gaúcha

Indivíduo de 50 anos estava com a filha de 8 anos em um carro nas proximidades das dunas na cidade de Tramandaí.

22/07/2021 às 21h28 Atualizada em 23/07/2021 às 21h54
Por: Redação Fonte: Brigada Militar
Compartilhe:
Homem é preso ao ser flagrado abusando da própria filha em praia gaúcha

Mais um caso de abuso sexual de crianças revoltou uma comunidade no Rio Grande do Sul. Um homem de 50 anos foi preso em flagrante abusando da própria filha, de apenas 8 anos, na cidade de Tramandaí. Ele foi recolhido ao pres´dio pelo crime de stupro de vulnerável.

De acordo com a Brigada Militar, o crime ocorreu na terça-feira, 20, no quilômetro 28 da ERS 786, no bairro Tiaraju, na cidade de Tramandaí. Policiais faziam patrulhamento de rotina, quando viram um automóvel em atitude suspeita nas proximidades das Dunas. Ao perceber a aproximação da viatura policial, o motorista tentou fugir do local, mas foi interceptado pelos policiais. 

Dentro do veículo foi encontrada uma menina de 8 anos, que estava muito assustada e com a roupa aberta. Ela informou aos policiais, que o homem era seu pai e que estava mexendo nela e que ela iria ganhar R$ 5,00 para comprar salgadinho. A menina disse que tinha muito medo dele.

Os PMs apreenderam também um preservativo “aparentemente utilizado” e outros sem uso, que foram localizados no veículo. Ao notar que os PMs descobriram o que estava acontecendo dentro do veículo, o homem tentou fugir e reagiu, investindo contra os policiais. Foi necessário o uso de uma arma de choque para conter o indivíduo. 

Ele foi preso em flagrante e levado para a delegacia para registro de ocorrência. Segundo a BM, o criminoso tem diversos antecedentes criminais, inclusive por estupro de vulnerável, além de tráfico de entorpecentes e receptação de veículo. No mês de abril, ele já tinha sido acusado de estupro, informou a BM. O homem é suspeito de ter abusado sexualmente desta mesma menina de 8 anos e da irmã, de 18 anos de idade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários