Domingo, 13 de Junho de 2021
54 98128.5277
15°

Poucas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Dólar com.

R$ 0,

Euro

R$ 0,

Peso Arg.

R$ 0,

Viver Bem Apneia

O ronco é um sinal de alerta para apneia do sono?

Veja em quais situações o ronco pode ser um sinal de alerta para a apneia do sono

10/05/2021 16h20
651
Por: Jaqueline Bagnara Fonte: Divulgação
farmaciasportuguesa
farmaciasportuguesa

A apneia do sono é caracterizada por repetitivas obstruções das vias aéreas durante o sono, que geram dificuldade para respirar, limitando ou impedindo a passagem do ar até os pulmões.

Consequentemente, enquanto dorme, a pessoa sofre diversas interrupções temporárias da respiração, e cada pausa dura cerca de 10 segundos.

O ronco, por sua vez, é caracterizado pela vibração das vias aéreas, como nariz e garganta. Ele ocorre justamente pela dificuldade da passagem de ar no ato da respiração.

É por isso que quem tem apneia, ronca. Porém, o contrário não necessariamente acontece, ou seja, uma pessoa pode roncar e não apresentar o diagnóstico de apneia.

O ronco pode estar ligado a outros fatores, como idade, obesidade, consumo de bebidas alcoólicas, muito cansaço, hábito de dormir de barriga para cima, problemas nasais, entre outros. Mas como saber, então, se o ronco pode ser um indicativo ou não da apneia? Veja!

O ronco é um sinal de alerta para apneia do sono?

Quando a pessoa sofre muitas interrupções do sono, com um ronco muito alto, constante e que acontece todas as noites, ele pode ser um sinal de alerta para a apneia do sono.

É muito comum, por exemplo, aquela situação em que a pessoa para de roncar por alguns minutos e, então, volta a roncar ainda mais alto, podendo até mesmo engasgar ou tossir.

Mas é importante mencionar que o ronco não é o único sintoma da apneia. Além dele, veja outros sinais que um paciente com apneia pode manifestar:

sonolência diurna;

dor de cabeça matinal;

acordar com sensação de sufocamento ou ofegante;

desconforto no peito;

boca seca ou dor de garganta ao acordar pela manhã;

dificuldade de concentração;

sono não reparador;

irritabilidade.

Além disso, para confirmar o diagnóstico da apneia do sono, é preciso realizar o exame do sono, chamado polissonografia. O exame mais completo precisa ser realizado sob a supervisão de um profissional especializado.

São colocados alguns sensores no paciente durante uma noite de sono, para monitorar alguns fatores, como:

as ondas cerebrais;

o movimentos dos olhos;

a taxa de oxigênio no sangue;

a frequência cardíaca e respiratória.

Entretanto, para o diagnóstico de apneia obstrutiva do sono, há aparelhos mais simples, chamados de poligrafia noturna, que podem ser usados no conforto da sua casa.

Os dados são registrados, organizados e analisados. Com isso, o médico pode obter o diagnóstico correto.

Por fim, lembre-se de que a apneia é um transtorno grave e pode atrapalhar significativamente a qualidade de vida do paciente. Portanto, se você tem um ronco persistente e apresenta outros sintomas da apneia, não deixe de buscar um especialista.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Bento Gonçalves - RS
Atualizado às 18h40 - Fonte: Climatempo
15°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 21°

15° Sensação
11.1 km/h Vento
79.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (14/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 22°

Sol
Terça (15/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 18°

Sol com muitas nuvens
Anúncio