Segunda, 08 de Março de 2021
54 98128.5277
23°

Muitas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Dólar com.

R$ 5,78

Euro

R$ 6,85

Peso Arg.

R$ 0,06

Variedades Variedades

Confira o que pode e não pode funcionar a partir das 20h desta terça-feira, 23

Medidas determinadas pelo governo do estado não permitem pessoas ocupando espaços públicos e privados até às 5h. Saiba o que fazer.

23/02/2021 14h23 Atualizada há 6 dias
2
Por: Redação Fonte: NB Notícias
Divulgação
Divulgação

Começa a valer nesta terça-feira, 23, as novas medidas de restrição impostas pelo governo do estado em todo o Rio Grande do Sul. O principal impacto, pelo menos em Bento Gonçalves, atinge diretamente os bares e restaurantes do município, já que o decreto estadual impede a abertura dos estabelecimentos das 20h às 5h, podendo atuar somente com o sistema de tele-entrega. A medida foi duramente criticada na sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feira, 22.

De acordo com o governo do estado, as medidas restritivas seguem até a segunda-feira, 1º de março, e pretendem diminuir a circulação de pessoas e evitar aglomerações. Conforme o governo gaúcho, nesse horário, não devem ser realizadas reuniões, eventos, aglomerações e circulação de pessoas tanto em áreas internas quanto externas, em ambientes públicos ou privados. A suspensão de atividades não inclui o transporte público. Portanto, os municípios devem seguir as regras da bandeira vigente de cada região. No caso de Bento Gonçalves, as regras da bandeira preta.

Na Câmara de Vereadores, Anderson Zanella (PP) e Jocelito Tonietto (PSDB), que são donos de estabelecimentos, se manifestaram de forma dura contra o governador Eduardo Leite. Segundo Zanella, há uma responsabilidade política, num jogo de ego entre presidente e governadores, na realização do planejamento da compra de vacinação. "Os pais fizeram um sacrifício para comprar material escolar e uniforme, para o governador chegar na sexta-feira e dizer que não tem mais aula. Vamos caminhar para dois anos sem aulas de nossas crianças. Gostaria que o senhor governador fosse até a minha empresa dizer para os meus funcionários que eles têm que ficar em casa. É falta de compromisso com os gaúchos", destacou Zanella.

Segundo o vereador Jocelito Tonietto, o governador não fechou as praias durante o Carnaval e agora vem fechar as empresas. O vereador sugeriu que as regiões sejam subdivididas e que cada município faça o seu cuidado, para não ser punido pela imprudência das demais cidades. "Para as pessoas estarem na praia não teve problema e no fim de semana o governador dá um canetaço. Nas escolas as crianças estão mais seguras que na casa de vizinhos e familiares. E quem não tem com deixar os filhos? Como fica? Governador, sai do gabinete e em para as ruas", manifestou-se de forma indignada o vereador.

O que fica suspenso a partir das 20h

- restaurantes (exceto telentrega);

- lojas;

- bares e pubs (exceto telentrega);

- centros comerciais;

- supermercados;

- cinemas;

- teatros;

- auditórios;

- casas de shows e de espetáculos;

- circos;

- quaisquer atividades que realizem atendimento ao público, com ou sem circulação significativa de pessoas. 

O que pode funcionar entre 20h e 5h

As exceções para a suspensão geral de atividades são:

- funcionamento de farmácias, hospitais e clínicas médicas

- serviços funerários

- serviços agropecuários, veterinários e de cuidados com animais em cativeiro

- assistência social e atendimento à população vulnerável

- hotéis e similares

- postos de combustíveis

- estabelecimentos dedicados à alimentação e hospedagem de transportadores de cargas e de passageiros.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.