7°C 14°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Polícia Federal oferece imagens de satélite para auxílio em desastres no RS

Essa iniciativa faz parte do Programa Brasil Mais, destinada a fortalecer a capacidade de monitoramento e resposta rápida às adversidades ambientais como inundações e deslizamentos de terra.

13/05/2024 às 11h11
Por: Marcelo Dargelio
Compartilhe:
Polícia Federal oferece imagens de satélite para auxílio em desastres no RS

Em resposta aos recentes estados de calamidade provocados por desastres naturais no Rio Grande do Sul, a Polícia Federal está disponibilizando acesso gratuito a imagens de satélite de alta resolução para auxiliar os órgãos públicos na gestão e resposta a emergências. Essa iniciativa faz parte do Programa Brasil Mais, uma ação estratégica do Ministério da Justiça e Segurança Pública destinada a fortalecer a capacidade de monitoramento e resposta rápida às adversidades ambientais como inundações e deslizamentos de terra.

Todos os municípios do estado têm o direito de solicitar o acesso às imagens, mas aqueles que oficialmente decretaram estado de calamidade serão priorizados. As imagens oferecidas pelo programa são uma ferramenta valiosa para o planejamento e execução de medidas de mitigação e recuperação nas áreas mais afetadas. 

O acesso a essas imagens e alertas é totalmente gratuito, financiado pelo Fundo Nacional de Segurança Pública e operado pela Polícia Federal. Atualmente, mais de 400 instituições já estão integradas ao programa, que não apenas fornece imagens diárias, mas também emite alertas automáticos para prevenção de diversos crimes e problemas ambientais, como desmatamento, garimpo ilegal, incêndios e o cultivo de culturas ilícitas.

Nos últimos 30 dias, o programa emitiu 312 alertas específicos para o Rio Grande do Sul, demonstrando sua relevância e eficácia no monitoramento contínuo das condições ambientais e de segurança.

Como Solicitar Acesso

Para obter o acesso, órgãos públicos devem enviar um e-mail do gabinete da maior autoridade da instituição, como o prefeito ou o secretário estadual. O pedido deve ser endereçado a [email protected]. É necessário fornecer detalhes como nome, sigla e endereço da instituição, bem como informações sobre a maior autoridade e os pontos focais, incluindo nome, cargo, e-mail, telefone e lotação dos usuários que terão acesso às imagens.

O Programa Brasil Mais não impõe limites ao número de instituições, usuários ou acessos, e as entidades podem utilizar tantas imagens quanto necessárias para combater e gerenciar os desastres. Além disso, a RedeMAIS, criada pelo programa, já conta com mais de 94 mil usuários de instituições públicas federais, estaduais e municipais, consolidando-se como o maior projeto operacional de sensoriamento remoto do país.

Este recurso promete ser uma ferramenta essencial para os gestores públicos do Rio Grande do Sul, oferecendo suporte crítico em um momento em que o estado busca se recuperar e fortalecer sua resiliência diante dos desafios impostos pelos desastres naturais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
10°
Tempo nublado

Mín. Máx. 14°

10° Sensação
1.79km/h Vento
94% Umidade
100% (12.93mm) Chance de chuva
07h08 Nascer do sol
05h38 Pôr do sol
Sáb
Dom 13°
Seg 11°
Ter
Qua 14°
Atualizado às 18h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,17 +0,45%
Euro
R$ 5,61 +0,81%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,07%
Bitcoin
R$ 376,551,32 +2,19%
Ibovespa
124,305,57 pts -0.34%
Publicidade