7°C 14°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Homens morto e baleado em Garibaldi foram cobrar conta para pessoa de Bento Gonçalves

Indivíduo de 30 anos, que acabou abatendo seus credores, agora é procurado pelos crimes de homicídio e tentativa de homicídio.

18/04/2024 às 17h02 Atualizada em 20/04/2024 às 07h11
Por: Marcelo Dargelio
Compartilhe:
Polícia Civil está a procura de João Pedro Zuchelo, de 30 anos - Foto - Reprodução
Polícia Civil está a procura de João Pedro Zuchelo, de 30 anos - Foto - Reprodução

A morte de Benedito Jesus Arruda, de 44 anos, em pleno Centro de Garibaldi segue em investigação pela Polícia Civil. Um homem de 31 anos, que estava junto com Arruda, também foi baleado. O autor dos disparos, um homem de 30 anos, está sendo procurado pela polícia.

O delegado Clóvis Rodrigues de Souza, titular da Delegacia de Polícia de Garibaldi, detalhou os eventos chocantes que envolveram um confronto armado em plena luz do dia. Benedito de Jesus Arruda, 44 anos, natural de Várzea Grande-MT, foi a vítima fatal do incidente. Ele foi encontrado gravemente ferido por disparos de arma de fogo e, apesar dos esforços de socorro feitos pelo SAMU e Bombeiros Voluntários, não resistiu aos ferimentos. Quase simultaneamente, outro homem, identificado apenas pelas iniciais R.V.S.S, de 31 anos, também de Mato Grosso, apareceu na delegacia local com ferimentos de bala. Ele foi prontamente encaminhado ao hospital local e não corre risco de morte.

R.V.S.S. relatou às autoridades que ele e Benedito haviam sido contratados por uma pessoa em Bento Gonçalves para realizar uma cobrança de dívida com João Pedro Zuchelo, de 30 anos, que supostamente residia em Garibaldi. Segundo o depoimento de R.V.S.S, o encontro com Zuchelo foi marcado em frente a um banco no centro da cidade. No entanto, ao se aproximarem do local combinado, Zuchelo teria aberto fogo contra Benedito sem aviso prévio e, em seguida, perseguido R.V.S.S, trocando tiros com ele dentro da Lojas Pompéia. Após o ataque, R.V.S.S., mesmo ferido, conseguiu escapar e se dirigiu à delegacia, optando por não ir ao hospital inicialmente por medo de ser seguido e assassinado pelo agressor.

As autoridades iniciaram uma série de diligências no local do crime, coletando imagens de câmeras de segurança e informações adicionais sobre o paradeiro de Zuchelo. Descobriu-se que o suspeito poderia estar residindo em um edifício próximo ao local do tiroteio, mas ele desapareceu logo após o incidente. O veículo de Zuchelo foi mais tarde encontrado abandonado no interior de Carlos Barbosa.

Diante das evidências, a polícia solicitou ao Poder Judiciário a prisão preventiva de João Pedro Zuchelo, 30 anos, natural de Francisco Beltrão-PR, que já possui antecedentes criminais por diversos delitos e atualmente está foragido. Considerado armado e perigoso, a polícia alerta a população local para não se aproximar do suspeito e incentiva quem tiver qualquer informação sobre sua localização a entrar em contato através do WhatsApp da Delegacia de Garibaldi no (54) 3462-1162. O anonimato dos informantes é garantido pela polícia.

De acordo com o delegado Clóvis de Souza, o morador de Bento Gonçalves que contratou os cobradores será ouvido na próxima semana na delegacia, primeiramente, na condição de testemunha.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
10°
Tempo nublado

Mín. Máx. 14°

10° Sensação
1.79km/h Vento
94% Umidade
100% (12.93mm) Chance de chuva
07h08 Nascer do sol
05h38 Pôr do sol
Sáb
Dom 13°
Seg 11°
Ter
Qua 14°
Atualizado às 18h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,17 +0,45%
Euro
R$ 5,61 +0,81%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,07%
Bitcoin
R$ 376,943,59 +2,29%
Ibovespa
124,305,57 pts -0.34%
Publicidade