15°C 17°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Senado volta a analisar divulgação obrigatória de fila de cirurgias no SUS

Retornou para nova análise dos senadores um substitutivo da Câmara a um projeto de lei do Senado ( PL 418/2024 — Substitutivo CD ) que obriga a pub...

01/03/2024 às 17h56
Por: Marcelo Dargelio Fonte: Agência Senado
Compartilhe:
Hospital da rede pública: estabelecimentos deverão divulgar listas de pacientes atualizadas quinzenalmente - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Hospital da rede pública: estabelecimentos deverão divulgar listas de pacientes atualizadas quinzenalmente - Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Retornou para nova análise dos senadores um substitutivo da Câmara a um projeto de lei do Senado ( PL 418/2024 — Substitutivo CD ) que obriga a publicação na internet da fila de cirurgias eletivas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Originalmente apresentada pelo ex-senador Reguffe, a proposta busca dar maior transparência e acesso à informação para os pacientes que necessitam, por exemplo, de um transplante. O texto está na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e aguarda parecer do relator, senador Styvenson Valentim (Podemos-RN).

O projeto prevê que os órgãos gestores do SUS em todas as esferas de governo serão responsáveis por publicar em seussitesoficiais na internet as listas de pessoas que serão submetidos a cirurgias, bem como os resultados dos exames complementares feitos. Essas informações estarão acessíveis aos gestores, profissionais de saúde e aos próprios pacientes ou seus responsáveis legais. O texto inclui medidas para proteger a privacidade dos dados dos pacientes, conforme a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais.

O relator do texto na Câmara, deputado Ruy Carneiro (Podemos-PB), acatou três emendas de Plenário, para que os resultados dos exames complementares também sejam fornecidos em meio físico, quando solicitados; para que haja publicação dos diagnósticos e qualquer outro procedimento terapêutico; e para que sejam incluídos no protocolo de encaminhamento detalhes sobre o preparo e orientações sobre o procedimento.

— Após amplo diálogo com diversos líderes partidários, entendemos oportuno apresentar subemenda substitutiva acolhendo as emendas apresentadas — explicou o deputado.

O projeto também estabelece que os pacientes receberão, no ato da marcação do procedimento, um protocolo de encaminhamento contendo informações como a data da solicitação, a data e o local onde será feita a cirurgia ou demais intervenções, uma descrição clínica resumida do caso e as orientações necessárias para a realização do procedimento.

Atualização quinzenal

Caso o projeto vire lei, as listas de pacientes deverão ser atualizadas quinzenalmente, e os estabelecimentos de saúde terão que repassar prontamente as informações aos órgãos gestores.

O número de pacientes à espera de procedimentos, por especialidade e estabelecimento de saúde, terá que ser divulgado mensalmente, assim como o tempo médio de espera para cada uma delas. A desmarcação de procedimentos deverá ser justificada e comunicada ao paciente, informando a nova data.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
19°
Tempo nublado

Mín. 15° Máx. 17°

19° Sensação
2.68km/h Vento
95% Umidade
100% (27.37mm) Chance de chuva
06h42 Nascer do sol
06h10 Pôr do sol
Sáb 24° 17°
Dom 22° 17°
Seg 22° 18°
Ter 19° 16°
Qua 22° 11°
Atualizado às 16h02
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,12 +0,55%
Euro
R$ 5,45 -0,25%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,10%
Bitcoin
R$ 365,412,45 -4,17%
Ibovespa
125,946,09 pts -1.14%
Publicidade