17°C 25°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Imigrante faz grande atuação, mas é superado pela Celemaster no jogo de ida da final

Com polêmicas de arbitragem, equipe bento-gonçalvense largou em desvantagem na disputa pelo título da Série Ouro de Futsal Feminino 2023

28/11/2023 às 22h01 Atualizada em 29/11/2023 às 12h45
Por: Kevin Sganzerla Fonte: NB Notícias
Compartilhe:
Foto: Kévin Sganzerla
Foto: Kévin Sganzerla

Em partida eletrizante, digna de final de campeonato, o Imigrante fez frente à tradicional equipe da Celemaster, de Uruguaiana, atuais campeãs estaduais. No entanto, em confronto marcado por polêmicas de arbitragem, o time de Bento Gonçalves largou em desvantagem na briga pelo título inédito da Série Ouro de 2023. No jogo de ida da final, realizado no sábado (25), no CT Imigrante, em Bento, a equipe visitante conquistou a vitória pelo placar de 5 a 3. 

O jogo:

Após eliminar a Malgi, de Pelotas, que estava com 100% de aproveitamento na Série Ouro, o Imigrante protagonizou mais uma grande atuação em seus domínios. A equipe comandada pelo técnico Rafael Licks fez forte marcação durante toda a primeira etapa, diminuindo os espaços e explorando os erros do adversário e jogadas em velocidade para atacar. Nos primeiros minutos, em cobrança de falta, Pikena finalizou e a goleira espalmou a bola na trave. 

Com efetividade em sua estratégia, o Imigrante abriu o placar. A goleira Karine finalizou de longe, Júlia Weber fez um corta luz e surpreendeu a goleira adversária, 1 a 0. Apesar da forte marcação da equipe da casa, o time de Uruguaiana conseguiu empatar com gol de Bebel, deixando o placar igualado na primeira etapa.

No segundo tempo, o gol da virada da Celemaster foi originado em um lance polêmico. Pikena invadiu a área e foi derrubada pela goleira adversária, porém a arbitragem não marcou a penalidade e mandou seguir o lance. Na sequência, Emily igualou a partida, 1 a 1.

Pouco depois, a capitã Monique, em chegada forte em Emily, recebeu cartão vermelho direto e deixou o Imigrante com um a menos em quadra, gerando revolta por parte da comissão técnica e dos torcedores presentes no ginásio. Mesmo em desvantagem numérica, o time de Bento Gonçalves ficou novamente à frente do placar com gol de Bruna Pertile, 2 a 1. 

Foto: Kévin Sganzerla

A Celemaster desempatou com Betinha balançando as redes. Porém, o Imigrante reagiu e buscou o gol de empate. Júlia Weber fitou a marcação e finalizou: a bola bateu na trave e Pikena completou para o fundo das redes, 3 a 3. Restando quatro minutos para o término da partida, Betinha colocou o time visitante novamente em vantagem e Ana Clara ampliou, decretando a vitória pelo placar e 5 a 3. 

O jogo de volta:

Para a partida de volta, que ocorre no sábado (2), em Uruguaiana, o Imigrante terá que vencer o time da Celemaster para forçar a prorrogação para seguir sonhando com o título inédito. Sem aporte da prefeitura, o time de Bento Gonçalves busca apoio para custear a viagem para disputar o jogo de volta da final da Série Ouro 2023. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
20°
Tempo nublado

Mín. 17° Máx. 25°

21° Sensação
0.78km/h Vento
98% Umidade
100% (21.65mm) Chance de chuva
06h15 Nascer do sol
07h03 Pôr do sol
Ter 22° 18°
Qua 27° 17°
Qui 25° 18°
Sex 29° 16°
Sáb 29° 15°
Atualizado às 19h05
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,98 +0,01%
Euro
R$ 5,40 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,40%
Bitcoin
R$ 288,611,48 +0,08%
Ibovespa
129,609,05 pts 0.15%
Publicidade