16°C 31°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Governador conhece projeto para acolhimento de pessoas em situação de rua em São Paulo

Iniciativa da prefeitura de São Paulo para acolhimento e ressocialização de pessoas em situação de rua, o Programa Reencontro foi apresentado nesta...

13/11/2023 às 14h30
Por: Marcelo Dargelio Fonte: Secom RS
Compartilhe:
Leite visitou uma das Vilas Reencontro, que oferecem moradias transitórias e auxiliam as pessoas a deixarem a condição de rua -Foto: Maurício Tonetto/Secom
Leite visitou uma das Vilas Reencontro, que oferecem moradias transitórias e auxiliam as pessoas a deixarem a condição de rua -Foto: Maurício Tonetto/Secom

Iniciativa da prefeitura de São Paulo para acolhimento e ressocialização de pessoas em situação de rua, o Programa Reencontro foi apresentado nesta segunda-feira (13/11) ao governador Eduardo Leite na capital paulista. Acompanhado pelo secretário de Assistência Social do município, Carlos Bezerra Jr., Leite visitou uma das Vilas Reencontro na região norte da cidade.

Os espaços são moradias transitórias para pessoas em situação de rua e têm como objetivo a reconstrução da autonomia e a saída qualificada dessa condição. O governador elogiou o projeto, que é inspirado no modelo internacional Housing First, e ressaltou que vai estudar as condições para levar a ideia para o Rio Grande do Sul.

“Essas moradias transitórias funcionam num sistema que também pode ser aproveitado para pessoas desabrigadas por eventos climáticos. É um modelo muito interessante e que vamos estudar mais a fundo para ver de que maneira podemos ter algo semelhante na área de assistência social do Estado”, afirmou Leite.

Durante a visita, o governador elogiou o projeto e ressaltou que vai estudar as condições para levar a ideia para o RS -Foto: Maurício Tonetto/Secom
Durante a visita, o governador elogiou o projeto e ressaltou que vai estudar as condições para levar a ideia para o RS -Foto: Maurício Tonetto/Secom

O Programa Reencontro possui três eixos de atuação: Conexão, Cuidado e Oportunidade. Ele busca estimular a recriação de vínculos preexistentes, seja com o núcleo familiar ou outros grupos afetivos, além do fortalecimento da rede de apoio. São oferecidas moradias subsidiadas para aqueles que não possuem renda suficiente. A iniciativa também faz intermediação de mão de obra e emprego por meio da capacitação profissional.

Texto: Juliano Rodrigues/Secom
Edição: Rodrigo Toledo França/Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
19°
Tempo nublado

Mín. 16° Máx. 31°

19° Sensação
1.13km/h Vento
97% Umidade
5% (0mm) Chance de chuva
06h13 Nascer do sol
07h06 Pôr do sol
Sáb 32° 17°
Dom 29° 17°
Seg 28° 17°
Ter 23° 18°
Qua 23° 19°
Atualizado às 06h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,97 +0,11%
Euro
R$ 5,38 +0,21%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,37%
Bitcoin
R$ 268,414,82 -1,32%
Ibovespa
130,240,55 pts 0.16%
Publicidade