16°C 31°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

ONG Patas e Focinhos está com mais de 40 animais para adoção

Neste sábado, 08 de julho, ocorre mais uma Feira de Adoção da organização. Em caso de mau tempo, o evento será transferido.

07/07/2023 às 11h12 Atualizada em 07/07/2023 às 13h02
Por: Renata Oliveira Fonte: NB Notícias
Compartilhe:
Alguns dos animais que estão buscando um novo lar. Crédito: Divulgação
Alguns dos animais que estão buscando um novo lar. Crédito: Divulgação

Adotar um animal é um ato de amor sem tamanho e na ONG Patas e Focinhos, de Bento Gonçalves, há vários peludos aguardando um novo lar para levar mais alegria e diversão para as vidas dos novos donos, então neste sábado, 08 de julho, ocorre mais uma feira de adoção promovida pela organização, no Recanto dos Animais, localizado na rua Júlio de Castilhos, 186, no Centro, das 10h às 15h. Em caso de mau tempo, o evento será transferido. 

A ONG Patas e Focinhos é uma das organizações mais antigas de Bento Gonçalves e trabalha diariamente no resgate e cuidado dos animais abandonados. Atualmente, a entidade está com 21 cachorros e 22 gatos para adoção, entre filhotes e adultos, todos vacinados e castrados.

Segundo a tesoureira da ONG, Marly Emília Andreoli, a adoção ocorre após ume entrevista com o tutor e através das feira ou em contato direto pelas redes sociais. "Como a ONG não tem uma sede própria, os animais ficam em lares temporários. Como compromisso, temos o acordo de não expor as famílias ao público para evitar que as pessoas comecem a visitar as casas ou até abandonar os pets, então limitamos esse contato do interessado as feiras de adoção, que geralmente realizamos em Petshops parceiras (como esta que ocorre neste sábado) ou que chame a gente pelas redes sociais da ONG, mas antes de entregar o animal, aplicamos uma entrevista ao novo tutor, com alguns requisitos, para que tenhamos certeza que o animal estará em boas mãos," explica Marly. 

Porém o trabalho da organização não termina no dia em que o novo dono busca o seu animal, pois a ONG tem o cuidado de monitorar como está a adaptação do peludo nos primeiros 90 dias. "Como temos poucos voluntários, acabamos diminuindo um pouco das visitas aos locais, porém fazemos o contato com o tutor, solicitando fotos, vídeos e fazendo algumas perguntas para entender como o animal está se comportando. Além disso, quando o novo dono aceita o animal, ele assume as responsabilidades de vacinas e castração, então também questionamos se os procedimentos foram feitos," destaca a tesoureira. 

Contudo, nem toda a história tem um final feliz. Infelizmente, muitos animais são devolvidos para a ONG e Marly traz alguns das maiores justificativas:

- Dog muito quieto, não interage;

- Dog, com muito energia, precisa de espaço (sendo que é feito a entrevista e explicado tudo sobre o animal a ser adotado);

- Cresceu demais;

- Vai se mudar, mas seu animal de raça vai junto e o vira-lata é devolvido (isso depois de 5 anos);

- O outro dog não aceitou;

- Rói tudo, chinelo, cadeira, sofá, faz buraco na grama (no caso do filhote também é explicado o comportamento na entrevista);

- O dono da casa ou apartamento onde mora, não aceita animais. (tem uma pergunta no contrato que diz, caso você se mudar, aonde vai ficar o animal?);

- Ele mordeu meu filho (filhote pequeno de 3 meses, a brincadeira deles é morder, tem que ter paciência e ensinar);

- Tenho alergia a pelos de gato (antes da adoção não tinha).

Além de sofrer com essas devoluções e ter mais todos os outros animais para cuidar, a ONG passa por dificuldades financeiras para continuar o projeto, como todas as outras organizações da causa animal da cidade. "Não recebemos nenhuma verba de órgão público, então sobrevivemos de doações dos moradores. Para arrecadarmos mais, realizamos o pedágio solidário - apenas duas vezes ao ano devido as limitações da Prefeitura - e alguns eventos como o Bingo que ocorre no dia 12 de agosto, pois não existe políticas públicas que destinem algum valor para esse tipo de causa," coloca Andreoli.

Para ajudar a ONG, é possível realizar doações pela conta:

AG: 0181-3

BANCO DO BRASIL CC: 74.908-7 CNPJ

ou pelo PIX: 18.483.041/0001-41

Você também pode colaborar participando das feiras de adoção e eventos, como o Bingo da ONG que ocorre no dia 12 de agosto, no CTG Laço Velho, às 19h. O ingresso custa R$ 15 e vale 8 rodadas. Os pontos de venda das cartelas estão disponíveis na imagem abaixo:

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
José Luis dos Santos Há 7 meses Bento GonçalvesEu quero uma gata
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
19°
Tempo nublado

Mín. 16° Máx. 31°

19° Sensação
1.13km/h Vento
97% Umidade
5% (0mm) Chance de chuva
06h13 Nascer do sol
07h06 Pôr do sol
Sáb 32° 17°
Dom 29° 17°
Seg 28° 17°
Ter 23° 18°
Qua 23° 19°
Atualizado às 06h03
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 4,97 +0,11%
Euro
R$ 5,38 +0,21%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,37%
Bitcoin
R$ 268,414,82 -1,32%
Ibovespa
130,240,55 pts 0.16%
Publicidade