9°C 25°C
Bento Gonçalves, RS
Publicidade

Restaurantes investem em "carnes" à base de plantas

Além do hambúrguer, agora já são servidos alimentos como a pancetta e a linguiça com sabores e aparências bem parecidos com a original.

20/03/2022 às 12h02 Atualizada em 20/03/2022 às 13h05
Por: Marcelo Dargelio Fonte: Estadão/Conteúdo
Compartilhe:
Restaurante conseguiu imitar a aparência e o sabor do produto original à base de carne de porco - Fotos: Vinícius Bicudo/Divulgação
Restaurante conseguiu imitar a aparência e o sabor do produto original à base de carne de porco - Fotos: Vinícius Bicudo/Divulgação

Foi-se o tempo em que a única opção de proteína plant based era aquele hambúrguer com gosto exagerado de defumado. O ingrediente abriu o caminho, mas agora o mercado já encontrou novas possibilidades. Em restaurantes espalhados ao redor de todo o Brasil, os cardápios já se adaptam às novas realidades com pratos baseados em plantas que vão desde a pancetta, passando pelo salmão e pelo atum e até chegar na pizza e na feijoada.

Em São Paulo, um cardápio que mostra a criatividade ao usar vegetais para recriar a aparência e o sabor de proteínas animais é o da Green Kitchen. Por lá, o cliente pode encontrar um polpetone, feijoada, fish and chips, linguiça e até “lombinho sem porco”. As receitas são parte de uma ideia maior do executivo Fábio Zukerman, nome por trás da Green Kitchen, que busca soluções de alimentos baseados em plantas para o dia a dia.

Os sabores seguem a aparência e são semelhantes ao produto que tenta imitar. A pancetta, uma carne vegetal marinada e frita, vem com uma casquinha crocante por fora e com um limãozinho acompanhando. E funciona na boca: lembra o sabor da “original” e consegue manter a suculência por dentro. A polpeta, feita de ervilha, fica um pouco atrás na surpresa que causa, mas se sai bem melhor do que o prato vegetal congelado no mercado. “O hambúrguer foi realmente um chamado para entendermos todas as possibilidades deste universo de plantas.  Definitivamente conseguimos chegar em resultados muito similares aos que o consumidor está acostumado a comer. Entregamos um produto que traz memória afetiva, te liga aos seus hábitos e tradições”, diz Fábio. “Hoje temos análogos de carnes e laticínios de todos os tipos e que não apenas mimetizam as versões originais, como conseguem resgatar o prazer e a memória afetiva de comer aquele alimento 100% vegetal”.

Linguiça de soja com ervilha consegue se aproximar do sabor da original

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves, RS
17°
Tempo limpo

Mín. Máx. 25°

17° Sensação
0.95km/h Vento
81% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h47 Nascer do sol
06h01 Pôr do sol
Seg 22° 12°
Ter 20° 13°
Qua 18° 15°
Qui 20° 13°
Sex 26° 17°
Atualizado às 20h09
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,20 +0,00%
Euro
R$ 5,55 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 356,741,06 +0,47%
Ibovespa
125,124,30 pts 0.75%
Publicidade