Domingo, 22 de Maio de 2022
11°

Poucas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Educação Rio Grande do Sul

Restauro do Instituto de Educação Flores da Cunha será retomado na próxima semana

O governador Eduardo Leite assinou, na terça-feira (18/1), no Palácio Piratini, a ordem de serviço para retomada das obras de restauração do Instituto de Educação General Flores da Cunha, em Porto Alegre. Os trabalhos estavam paralisados desde 2019.

21/01/2022 às 10h16
Por: Redação Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Compartilhe:
Leite com a ordem de serviço assinada ao lado dos secretários Stédile (E), Raquel e Gastal (D) e Maria Aparecida (da Concrejato) - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini
Leite com a ordem de serviço assinada ao lado dos secretários Stédile (E), Raquel e Gastal (D) e Maria Aparecida (da Concrejato) - Foto: Gustavo Mansur / Palácio Piratini

O governador Eduardo Leite assinou, na terça-feira (18/1), no Palácio Piratini, a ordem de serviço para retomada das obras de restauração do Instituto de Educação General Flores da Cunha, em Porto Alegre. Os trabalhos estavam paralisados desde 2019.

O aporte em recursos do Estado é de R$ 23,4 milhões para a conclusão do restauro do prédio. O local também receberá o Centro de Desenvolvimento dos Profissionais da Educação, do Centro Gaúcho de Educação Mediada por Tecnologias e do Museu Escola do Amanhã. A empresa Concrejato, licitada para a obra, deve retomar as operações na próxima semana, com previsão de conclusão de 15 meses.

As reformas estruturais promovidas no Estado, destacou Leite, foram essenciais para que as obras do Instituto de Educação pudessem ser retomadas. “O Estado nem ao menos conseguia pagar salários em dia, atrasava repasses aos municípios na área da saúde e não pagava seus fornecedores. Hoje, com as reformas e privatizações, o Estado tem todas as suas dívidas de curto prazo quitadas e ainda abriu espaço para o maior investimento da história recente do Rio Grande do Sul. Viramos o jogo e estamos encaminhando melhorias e aumentando o aporte de recursos diretos para os problemas do dia a dia das mais de 2 mil escolas do Estado, e também disponibilizando mais os R$ 23 milhões assegurados para o Instituto de Educação”, detalhou.

Patrimônio cultural do Rio Grande do Sul, o instituto é a mais antiga escola de formação de professores do Estado, fundada em 1869. O investimento no prédio foi incluído nos recursos anunciados pelo Estado no programa Avançar na Educação, lançado em outubro do ano passado e que, ao todo, aplica R$ 1,2 bilhão para a qualificação do ensino no RS.

O governador lembrou ainda que o aporte expressivo vai significar um investimento para além da função do prédio como uma instituição de ensino. Com as melhorias, o objetivo é fazer do Instituto de Educação um complexo referência em formação de docentes e um espaço que aproxime as pessoas das novas formas de conhecimento, além de preparar professores e alunos para os desafios e exigências da nova economia, pautada na inovação. “Esse local, que traz na sua própria história um papel de referência, não pode ser apenas uma escola, mas sim um farol para toda a nossa rede de ensino”,afirmou Leite

A escola ocupa área de cerca de 12 mil metros quadrados. Desse total, serão destinados 2 mil metros quadrados para o Museu da Escola do Amanhã e outros 2 mil metros quadrados entre o Centro de Formação e o Centro Gaúcho de Educação Mediada por Tecnologias (Cegemtec). A instituição de ensino tem 1.086 alunos matriculados, sendo 70 na Educação Infantil, 561 no Ensino Fundamental, 393 no Ensino Médio e 62 na Educação de Jovens e Adultos (EJA), que poderão retornar ao espaço. Atualmente, os estudantes estão distribuídos em quatro escolas estaduais da capital.

Secretária da Educação, Raquel Teixeira disse que, além do importante restauro na parte física para receber alunos e professores, o espaço vai trazer novas perspectivas para a educação no Estado. “Há um novo olhar sobre a jornada escolar dos estudantes, e isso requer também um novo olhar sobre a formação dos professores. E o Museu da Escola do Amanhã parte de uma referência do passado, da construção da identidade do povo gaúcho, e faz uma projeção para o futuro. Será um espaço rico, inovador e criativo, onde os visitantes sentirão esse desafio de criar a escola do futuro. O Instituto de Educação, com o seu corpo de professores, dará a sua contribuição para fazer daquele prédio um lugar de plenitude, de construção do futuro e das transformações que queremos ver no mundo, porque é na escola que as pessoas se preparam para fazer essas mudanças”, afirmou.

A ordem de retomada das obras foi assinada pelo governador Eduardo Leite, pela secretária da Educação, Raquel Teixeira, e pelo secretário de Obras e Habitação, José Stédile. Também participaram da cerimônia o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Claudio Gastal, e a diretora de operações da Concrejato, Maria Aparecida Nasser.

Texto: Thamíris Mondin
Edição: Marcelo Flach/Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves - RS Atualizado às 18h00 - Fonte: ClimaTempo
11°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 18°

Seg 20°C 7°C
Ter 21°C 8°C
Qua 22°C 11°C
Qui 21°C 13°C
Sex 20°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete