Domingo, 22 de Maio de 2022
11°

Poucas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Esporte Divisão de Acesso

“Não vamos arriscar para não comprometer o projeto”, afirma novo presidente do Brasil-FAR

Visando a longo prazo, a nova gestão almeja manter os pés no chão na temporada atual e focar na recuperação financeira do clube.

20/01/2022 às 13h51 Atualizada em 20/01/2022 às 14h07
Por: Kevin Sganzerla Fonte: NB Notícias
Compartilhe:
Foto: Ramon Cardoso/Jornal Informante
Foto: Ramon Cardoso/Jornal Informante

O Brasil de Farroupilha iniciou, em 2022, uma nova fase de sua história. Após cinco anos presidido por Elenir Bonetto, o rubro-verde agora conta com uma nova gestão à frente do clube para a atual temporada. Eurides Sutilli, ou Chico Sutilli, como é conhecido popularmente na comunidade, assumiu a presidência com o desafio de equilibrar as contas do time de farroupilha e buscar o crescimento da equipe no âmbito estadual e nacional, tanto no futebol masculino como no feminino, em um projeto que visa a longo prazo. 

Com uma trajetória ligada ao futebol amador, Chico Sutilli agora terá o desafio de comandar o clube que representa a cidade e a região nas diversas competições em que disputa. O mandatário almeja dar seguimento ao trabalho desenvolvido até aqui pela gestão anterior, mas com a motivação de promover inovações. “Vamos dar andamento aos trabalhos que vinham sendo executados e inovar em todos os setores do clube”, afirma. 

Ao contrário de grande parte das equipes que vão disputar a Divisão de Acesso de 2022, que já está anunciando atletas e conta com a comissão técnica definida, o Brasil ainda segue pesquisando profissionais para comandar o clube dentro das quatro linhas. 

Conforme o presidente, a gestão não quer comprometer o clube financeiramente e, para isso, deverá montar um elenco de acordo com as limitações financeiras. “Estamos iniciando um processo de recuperação financeira. Não vai ser fácil em um primeiro momento, mas logo tudo vai se ajeitando. Não vamos arriscar muito para não comprometer nosso projeto que é a longo prazo”, comenta o mandatário. 

Além do futebol masculino, a gestão almeja prosseguir com o investimento no futebol feminino, que alçou o clube a nível nacional nas últimas duas temporadas, e na categoria de base. O futebol feminino foi o que nos representou em um melhor nível de desempenho nos últimos anos, tanto a nível estadual como nacional. Vamos trabalhar primeiro a base e o masculino, e logo adiante vamos iniciar os trabalhos com o feminino, uma vez que competições iniciam no segundo semestre”, destaca. 

No ano passado, no masculino, o Brasil de Farroupilha foi eliminado nas quartas de final da Divisão de Acesso. Na Copa FGF, o rubro-verde também se despediu da competição na mesma fase. No feminino, o Brasil disputou o Brasileirão A2 e, diante de um grupo complicado, terminou na lanterna. No Gauchão, a equipe perdeu o título do interior nas penalidades para o Flamengo de São Pedro e, portanto, não vai disputar competições nacionais em 2022.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves - RS Atualizado às 17h20 - Fonte: ClimaTempo
11°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 18°

Seg 20°C 7°C
Ter 21°C 8°C
Qua 22°C 11°C
Qui 21°C 13°C
Sex 20°C 14°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete