Segunda, 15 de Agosto de 2022
19°

Pancada de chuva

Bento Gonçalves - RS

Viver Bem Lavanda

Benefícios da lavanda que vão te convencer a incluí-la na rotina

A lavanda está presente nos mais variados tipos de produtos, veja quais os seus principais benefícios para a saúde

09/01/2022 às 10h21
Por: Jaqueline Bagnara Fonte: dicasdemulher.com/ Karyne Santiago
Compartilhe:
ISTOCK
ISTOCK

Utilizada em fragrâncias, óleos essenciais, decorações, cosméticos, chás e até em alguns alimentos, a lavanda é uma planta versátil originária da região montanhosa do mediterrâneo. A variedade do seu uso passeia por diversos benefícios, sendo um deles o medicinal.

Confira principais benefícios e curiosidades sobre essa multifacetada planta!

Excelente antioxidante: Gabriela explicou que a planta possui substâncias capazes de combater os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento dos tecidos do corpo “como unhas, pele, cabelos, e também os tecidos do sistema cardiovascular.

Efeito adstringente: para as pessoas de pele e cabelos oleosos, o uso dessa planta pode ser uma ótima opção uma vez que ela consegue regular as glândulas sebáceas para a produção correta de gordura.

Propriedades sedativas: esse possivelmente é o seu benefício mais conhecido. A lavanda auxilia no combate da ansiedade e do estresse, pois tem alto poder de ação no sistema nervoso central, fazendo com que ocorra relaxamento mesmo nos momentos de angústia.

Efeito anti-séptico, bactericida e cicatrizante: seja para feridas, acne ou alergias, as substâncias da lavanda auxiliam no combate a bactérias e infecções, e na rápida recuperação da pele. Ela ajuda na cicatrização de feridas, mesmo as que ainda estão abertas. Uma compressa de chá de lavanda é um santo remédio para um machucado.

Ação analgésica: por conta de sua ação no sistema nervoso, a lavanda pode auxiliar no alívio de algumas dores. Gabriela contou que ela atua com facilidade no combate de dores de cabeça e enxaqueca.

Ótima para o alívio de ardor pós-sol: se você ficou um tempo a mais no sol e está com a sensação de ardência na pele, a lavanda pode ajudar devido a sua ação anti-inflamatória. A planta tem o poder de entorpecer a pele, que está dolorida das queimaduras do sol, proporcionando um alívio quase que imediato nos locais de dor;

Auxilia na melhora de distúrbios respiratórios: A lavanda tem propriedades que melhoram a tosse e seus óleos essenciais ajudam a tratar pneumonia e asma. Além disso, ela também auxilia na melhora dos sintomas de bronquite e até mesmo da gripe.

Combate a insônia: se você tem problemas para dormir, possivelmente a lavanda pode te ajudar a ter uma noite de sono satisfatória. Por ser sedativa , ela atua diretamente na parte do cérebro que cuida do sono, trazendo a calma necessária para uma boa noite de sono.

Auxilia no combate a infecções vaginais: com uma ação anti-séptica e bactericida potente, a planta também é uma aliada contra as infecções vaginais. O banho de assento com o chá da lavanda protege a saúde feminina contra corrimentos e infecções.

Alívio das cólicas menstruais: As substâncias calmantes da planta acabam atuando também na região do sistema reprodutor feminino e, consequentemente, alivia as cólicas menstruais. Pode ser usada como compressa quente para diminuir as dores de cólica.

Com propriedades tão promissoras para a melhora da saúde e qualidade de vida, fica difícil não ter o interesse de adicioná-la na rotina. Mas qual a maneira ideal de utilizar a planta? 

Como usar a lavanda: 5 formas de obter seus principais benefícios

Chá de lavanda

A infusão da planta in natura é uma de suas principais formas de utilização. Dessa forma, as propriedades da planta auxilia no combate a ansiedade, estresse, problemas respiratórios e digestivos, dores de cabeça e insônia.

Confira como fazer o chá:

Adicione 1 colher de chá de flores de lavanda em uma xícara de 200 ml de água quente (temperadura entre 90°C a 100°C);

Reserve a infusão por cerca de 5 a 10 minutos. Coe e sirva!

Compressa de lavanda

Outro excelente método de utilização é fazer compressas para o alívio de dores de cabeça, cólicas menstruais e alívio do ardor de queimaduras leves, ou até mesmo para aromaterapia.

Acompanhe o passo a passo:

Aqueça a água até deixá-la em uma temperatura suportável para a pele;

Adicione algumas gostas do óleo essencial de lavanda (cerca de 1 gota para cada 100 ml de água);

Mergulhe uma toalha ou gaze na água, retire o excesso de água e aplique sobre a testa e têmporas para dores de cabeça ou aromaterapia, ou sobre o baixo ventre em caso de cólicas menstruais;

Mantenha a compressa no local por alguns minutos. Caso o tecido for perdendo a temperatura, você pode molhá-lo novamente e voltá-lo ao local.

Use compressa fria para casos de queimaduras leves ou contusões.

Massagem com óleo essencial de lavanda

O óleo essencial de lavanda também é muito utilizado para massagens relaxantes. Suas propriedades, trazem benefícios para o alívio do estresse e da ansiedade, de tensões musculares e tem efeito analgésico para dores de cabeça ou no corpo.

Dilua 2 gotas de óleo essencial de lavanda em uma pequena quantidade de óleo vegetal para massagem, como óleo de abacate ou de semente de uva, por exemplo;

Aplique o óleo sobre o local desejado massageando suavemente por alguns minutos.

Banho com lavanda

Para quem está querendo relaxar o corpo e a mente, é recomendo o banho com lavanda. A água quente potencializa o efeito calmante da planta, auxiliando na ansiedade, estresse, tensões musculares e distúrbios do sono. Além disso, o banho de assento com a planta também auxilia nas infecções vaginais.

Para desfrutar de um banho relaxante adicione 100 g de flores de lavanda ou de 6 a 10 gotas do óleo essencial da planta na água do seu banho.

Óleo essencial de lavanda no difusor

A se você quiser a sensação de tranquilidade e relaxamento através da aromaterapia, fazer o uso da lavanda em um difusor. Para isso, basta adicionar cerca de 10 gostas de óleo essencial de lavanda na água de seu difusor e deixá-lo ligado pelo tempo que desejar.

Adicionar a lavanda em seu cotidiano não é tão complicado e como foi visto, seus benefícios para a saúde e bem-estar são recompensadores. Experimente aderir à rotina algum desses métodos de utilização!

Lavanda X alfazema

Devido às diversas semelhanças, muitas pessoas acreditam que a lavanda e a alfazema são a mesma planta. Na verdade, cada uma delas são um tipo específico de plantas do gênero Lavandula, nome científico para a espécie de flores que brotam em forma de espiga, encontradas geralmente nas cores lilás, roxo, violeta e em alguns tons de azul.

Ambas tem algumas propriedades iguais e outras diferentes como, por exemplo, a alfazema auxilia na desintoxicação do organismo de produtos tóxicos, o que não é o caso da lavanda. Outro fator de diferença é que a alfazema possui o odor mais potente, que se assemelha ao cheiro de cânfora.

A lavanda é excelente para a saúde, contudo é sempre bom se atentar as possíveis contraindicações e buscar o auxílio de um profissional especializado para esclarecer suas dúvidas. Dito pela fitoterapeuta e aromaterapeuta Gabriela Elimelek. 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Bento Gonçalves - RS Atualizado às 21h39 - Fonte: ClimaTempo
19°
Pancada de chuva

Mín. 13° Máx. 25°

Ter 19°C 12°C
Qua 22°C 11°C
Qui 17°C 1°C
Sex 11°C -1°C
Sáb 18°C 1°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete