Sábado, 15 de Maio de 2021
54 98128.5277
20°

Poucas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Dólar com.

R$ 5,27

Euro

R$ 6,4

Peso Arg.

R$ 0,06

Seu Pet Seu Pet

Petshops de Bento se unem para pedir a liberação de banho e tosa

Profissionais ressaltam que se a proibição for mantida pelo Estado pode prejudicar a saúde dos animais que precisam de cuidados mais frequentes, inclusive com sessões medicinais para tratar problemas de pele

05/03/2021 18h27
617
Por: Redação Fonte: Jorge Bronzato Jr.
Divulgação
Divulgação

A bandeira preta que colocou todo o Rio Grande do Sul em classificação de altíssimo risco de contágio pelo coronavírus – e que deve ser mantida por pelo menos mais uma semana – restringiu a atividade de diversos segmentos dos ramos do comércio e serviços. Um deles, o da área de banho e tosa de animais de estimação, tem se mobilizado intensamente em Bento Gonçalves para tentar fazer com que o Estado reveja a proibição de funcionamento, mantendo o trabalho como essencial.

Há a expectativa de que essa liberação ocorra ainda nesta sexta-feira, dia 5, no novo anúncio do governador Eduardo Leite a respeito do modelo Distanciamento Controlado em vigor no território gaúcho. Até lá e em meio a uma série de incertezas, entretanto, os profissionais lamentam que essa situação perdure e, em alguns casos, prejudique seriamente a saúde dos pets que precisam de um cuidado especial.

Representando a categoria, que se uniu em torno da reivindicação, a reportagem do NB Notícias ouviu dois proprietários de petshops, que explicaram a situação e argumentaram que, assim como já vinham fazendo em outros momentos da pandemia, têm condições de atender sem qualquer aglomeração e nem mesmo a presença dos tutores.

Eles destacam que esperam confiantes por uma modificação nos protocolos, mesmo que a eventual permissão não seja de 100% do funcionamento normal. "Nós chegamos a ter até 30 banhos por dia. Tenho quatro pessoas aqui comigo que vivem disso, mas tive que dar férias para três delas. E temos, por exemplo, muitos clientes idosos, que tem um cãozinho como companheiro e não conseguem nem mesmo dar banho nele. Outros também fazem banhos medicinais, que são especiais e tem que ser feitos regularmente, durante toda a vida do animal. Mesmo assim, nós entendemos o momento e não queríamos necessariamente atender a todos, pelo menos os que mais precisam agora", afirma Leandro Taffarel, que tem a loja no bairro Borgo.

Segundo ele, poderia ser estabelecido, neste período mais crítico, o uso somente do serviço de telebusca e tele-entrega dos animais, para impedir o fluxo de clientes na loja, que já era mínimo e devidamente controlado por meio das medidas sanitárias de prevenção exigidas. "Antes disso, já não tínhamos qualquer aglomeração, até porque as pessoas nunca ficam aqui esperando o banho dos pets", lembra. "O que é difícil de entender é por que uma lavagem de carros é considerada como essencial e o nosso serviço, que tem a ver diretamente com a saúde dos animais, não. Eles são como parte da nossa família", completa Taffarel.

Com mais de 20 anos de atuação no ramo no município, Sandra Capovilla fechou completamente o estabelecimento no bairro São Francisco após o decreto da bandeira preta. Ela também reforça que, mais do que uma questão estética, o serviço oferecido é extremamente importante para a qualidade de vida dos animais de estimação – e dos próprios tutores. "Tem muitos bichinhos que necessitam de um banho terapêutico, que as pessoas não conseguem fazer em casa. Como elas vão escovar e secar um cão de pelo longo? Nós precisamos trabalhar, mas entendemos que é uma situação delicada. Só que eles precisam também desta atenção e os clientes nos cobram diariamente por isso. Além de ser uma questão de saúde e higiene do animal, é também da família, porque eles convivem no mesmo espaço", aponta.

Ao longo dos últimos dias, os responsáveis pelos petshops da cidade intensificaram os contatos com autoridades locais, cobrando que a demanda seja levado ao Estado, inclusive através da Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), que se mantém atuante junto ao Governo do RS nas discussões relacionadas à pandemia. "Vamos ver se eles entendem como essa questão é importante e mudam o decreto, assim como já foi feito em outros estados", finaliza Sandra, otimista de que a situação possa ter uma reviravolta positiva no final da tarde desta sexta.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Bento Gonçalves - RS
Atualizado às 18h03 - Fonte: Climatempo
20°
Poucas nuvens

Mín. Máx. 23°

20° Sensação
11.3 km/h Vento
80.7% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (16/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 24°

Sol com algumas nuvens
Segunda (17/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 22°

Sol com muitas nuvens