Segunda, 08 de Março de 2021
54 98128.5277
28°

Muitas nuvens

Bento Gonçalves - RS

Dólar com.

R$ 5,78

Euro

R$ 6,85

Peso Arg.

R$ 0,06

Região Região

Serra Gaúcha pode ter transporte que leva até Porto Alegre em 15 minutos

O Governo do Rio Grande do Sul e a empresa HyperloopTT, dos Estados Unidos, assinam nesta terça-feira, 19, acordo para estudo de viabilidade de uma rota de transporte de alta velocidade pelo sistema hyperloop.

19/01/2021 16h35 Atualizada há 1 mês
12
Por: Redação Fonte: Divulgação
Divulgação
Divulgação

Já pensou você ir de Bento Gonçalves até Porto Alegre em apenas 15 minutos? Parece uma piada, mas não é e, além disso, essa tecnologia pode estar mais próxima do que você imagina. O Governo do Rio Grande do Sul e a empresa HyperloopTT, dos Estados Unidos, assinam nesta terça-feira (19) acordo para estudo de viabilidade de uma rota de transporte de alta velocidade pelo sistema hyperloop entre Porto Alegre e a serra gaúcha. Com o projeto saindo do papel, seria possível fazer o deslocamento em menos de 15 minutos, já que o transporte pode percorrer até 1.200 km/h. As informações são da jornalista Giane Guerra, de GaúchaZH.

Segundo a Secretaria Estadual de Inovação, Ciência e Tecnologia, trata-se de uma tecnologia que funciona como uma cápsula em um grande tubo a vácuo. É usada propulsão magnética para fazer a cápsula se movimentar, e ela acaba levitando. Sem atrito no movimento, ela atinge uma velocidade altíssima. O estudo para o trem ultrarrápido tem o apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Faz parte do Techfuturo, programa do governo gaúcho para apoiar a transferência de tecnologias.

Há pelo menos dois anos, a HyperloopTT tem negociações com governos no Brasil para implantação do sistema, conduzidas pelo CEO Dirk Ahlborn. A empesa chegou a anunciar um centro de tecnologia em Minas Gerais, mas que acabou não sendo desenvolvido. Outra ideia é ter uma linha que ligue Rio de Janeiro a São Paulo com viagens de duração de 25 minutos. 

A multinacional Hyperloop TT desenvolve a tecnologia desde 2013, quando o bilionário Elon Musk divulgou um documento com o conceito e provocando empresas a entrarem na ideia. O primeiro teste de viabilidade tecnológica, ainda sem tripulantes, aconteceu em 2014 na unidade da empresa em Toulouse, França.  Outra empresa, a Virgin Hyperloop, testou com passageiros em novembro de 2020. Estados Unidos e Europa estão estudando já regulamentações para o hyperloop.


Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.