Segunda, 20 de Setembro de 2021
16°

Pancada de chuva

Bento Gonçalves - RS

Esporte Olimpíadas 2020

Brasil conquista o primeiro ouro nas Olimpíadas com Ítalo Ferreira no surfe

O potiguar bateu o paponês Kanoa Igarashi na final e garantiu a primeira medalha de ouro para o país, que agora soma cinco medalhas conquistadas.

27/07/2021 às 13h09
Por: Kevin Sganzerla Fonte: NB Notícias
Compartilhe:
Jonne Roriz/COB
Jonne Roriz/COB

O primeiro ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio 2020 foi conquistado no surfe, que fez a sua estreia em Jogos Olímpicos. O brasileiro Ítalo Ferreira dominou as ondas na Praia de Tsurigasaki para se tornar o primeiro medalhista de ouro da modalidade.  O potiguar derrotou na final o japonês Kanoa Igarashi, em final realizada na madrugada desta terça-feira (27), vencendo por 15.14 a 6.6. 

Logo na primeira onda, a prancha de Ítalo quebrou. O percalço, no entanto, não afetou a grande atuação do brasileiro, o qual enfileirou manobras e garantiu o primeiro ouro do Brasil e da história do surfe nas Olimpíadas. "Muito feliz. Foi um dia incrível, especial, trabalhei muito para isso e acreditei. É incrível.", disse Ítalo ao site do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

A medalha de bronze ficou com o australiano Owen Wright, que venceu o brasileiro Gabriel Medina por 11.97 a 11.77 na disputa pelo pódio.  

Campanha de Ítalo nas Olimpíadas até o ouro:

Na estreia da competição, Ítalo liderou a primeira bateria, com o somatório de pontos de 13.67. Com esta pontuação, ele ficou à frente do japonês Hiroto Ohhara (11.40), do italiano Leonardo Fioravanti (9.43) e do argentino Lele Usuna (8.27).

Classificado para as oitavas de final, o brasileiro derrotou o neozelandês Billy Stairmand por 14.54 a 9.67. Nas quartas, ele voltou a encarar o japonês Hiroto Ohhara, que esteve presente na bateria inicial. Ítalo mais uma vez levou vantagem, e derrotou o oponente por 16.3 a 11.9. Em semifinal emocionante, o brasileiro foi superior ao australiano Owen Wright. Com uma pontuação de 13.17 contra 12.47 do rival, Ítalo confirmou o seu passaporte à decisão. 

Na final, Ítalo obteve o ouro com sobras. O brasileiro conquistou três boas notas, disparando na frente do japonês na bateria derradeira. No somatório final, o potiguar obteve uma pontuação de 15,14 contra 6,60 do atleta da casa. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários